agosto 9, 2022

Núcleo de Bem-Estar Animal socorre cachorro baleado no distrito de Tupi

Foto divulgação

Animal recebeu primeiros socorros ainda no local e foi levado ao Núcleo, onde passará por cirurgia; o estado de saúde dele é considerado estável

O Núcleo de Bem-Estar Animal da Prefeitura de Piracicaba, vinculado às secretarias de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Saúde (SMS), realizou ontem, 03/07, o atendimento emergencial de um cachorro baleado na Estrada Aparecido Marengo, no distrito de Tupi. O pastor belga malinois, de nome Baruk, recebeu, ainda no local, os primeiros socorros para contenção de hemorragia e foi encaminhado para a sede do Núcleo, onde vai passar por cirurgia amanhã, terça-feira, 05/07, para retirada do projétil que ficou alojado próximo ao ombro esquerdo.

Informações sobre o acompanhamento do caso foram divulgadas hoje, segunda-feira, 04/04, em coletiva de imprensa na Sedema.

Segundo o coordenador do Núcleo de Bem-Estar Animal, Matheus Santos, a bala entrou pelo lado direito do pescoço do cão. “O animal foi encontrado em estado de choque, com hemorragia intensa por conta do ferimento. No exato momento, fizemos a contenção do sangramento e encaminhamos o cão para o Núcleo, onde ele se encontra em estado estável. Fizemos um hemograma e exames de raio-x, que constataram que a bala está alojada no corpo do animal. Entretanto, ele não precisará passar por transfusão de sangue”, explica.

Santos ainda destaca que a bala passou por artérias principais e está alojada próxima de um vaso sanguíneo importante, então o procedimento cirúrgico é delicado e tem risco elevado. “Mas a expectativa é de que tudo ocorra bem na cirurgia e ele seja liberado o quanto antes para voltar para os cuidados do tutor”, complementa.

AUTOR – O autor do disparo, de 70 anos, é ex-policial militar e vizinho do tutor. De acordo com a Delegada da Polícia Civil, Dra. Olívia dos Santos Fonseca, que estava de plantão no momento da ocorrência, o cachorro teria adentrado a chácara do autor. O tutor, então, chamou o animal, que voltou para casa. Mesmo assim, o vizinho se dirigiu até a residência do tutor e efetuou um disparo contra o animal, ameaçando ainda o tutor do cão.

“O autor do disparo estaria insatisfeito com a situação dos cães da chácara vizinha, que escapavam e atacavam os cães dele. Após a ocorrência, de imediato, fizemos contato com o Núcleo de Bem-Estar Animal para atendimento emergencial do cão. O autor foi então conduzido para o plantão policial onde foi autuado por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, portando uma carabina calibre 38 sem registro, arma que usou para alvejar o animal”, conta a delegada.

O ex-PM foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo e por maus tratos, mas, após passar por audiência de custódia, responderá em liberdade. “O autor do disparo tem condição de saúde complicada, já sofreu dois AVCs, tem deficiência auditiva e faz uso de 12 medicamentos diários. Ponderado isso na audiência de custódia, ficou determinada fiança no valor de mil reais, proibição de residir em sua chácara pelo período de seis meses e proibição de se aproximar do tutor por menos de cem metros. Qualquer descumprimento pode ocasionar na prisão dele”, salienta Dra. Olívia.

O autor ainda foi multado em R$ 3 mil pelo Núcleo de Bem-Estar Animal.

Read Previous

Deputada Bebel propõe plano estadual para os servidores públicos

Read Next

Saúde recebe van acessível para transporte de pacientes