Major Mecca retorna à Santa Casa

Foto: Divulgação

Deputado estadual retornou à Instituição para acompanhar aplicação de verba proveniente de emenda de sua autoria

Na última quarta-feira, 28, foi a vez do deputado estadual Major Mecca ser recebido pela Mesa Diretora e Administrativa da Santa Casa de Piracicaba  para verificar in loco a aplicação dos R$100 mil repassados à Instituição por meio de emenda parlamentar de sua autoria.

Ele estava acompanhado de seu chefe de gabinete, José Nilton Santos; e pela assessora parlamentar Coronel Dulcinéia, que já esteve à frente da Força Tática do 10º BPMI de Piracicaba; e pelo empresário Gustinho Benites, do Restaurante Mirante.

“Sabemos que a Santa Casa de Piracicaba desenvolve um trabalho modelo para o estado de São Paulo e para o Brasil; então quisemos reforçar nossos laços de parceria e, além de verificar a utilização dos equipamentos adquiridos, viemos saber de outras prioridades da Instituição, para que ela possa continuar desempenhando esse papel de liderança tão importante à saúde das comunidades de Piracicaba e região”, disse o parlamentar.

Em sua fala, o empresário Agustinho elogiou a Santa Casa. “Todo piracicabano conhece e tem orgulho da Santa Casa, administrada com rigor e eficiência”, considerou.

Eles foram recebidos pelo vice-provedor, Alexandre Valvano; pela administradora Vanda Petean, e pela coordenadora administrativa, Jacqueline Tedesco. “Por meio do Major Mecca, adquirimos oito macas de transporte, equipamentos de suma importância para o transporte de pacientes dentro do ambiente hospitalar, devido à maior agilidade e segurança ao paciente e à maior estabilidade ergonômica de nossos funcionários”, explicou a administradora.

Segundo Jacqueline Tedesco, a Santa casa realiza em média 400 cirurgias/mês, o que evidencia a importância do equipamento para o deslocamento de pacientes entre as diversas unidades do Hospital.

Ao enaltecer a iniciativa do parlamentar, o vice-provedor citou a “verdadeira guerra” a que estão inseridas as instituições filantrópicas do país em decorrência, sobretudo, da pandemia do coronavírus, que elevou assustadoramente o preço de materiais, insumos e medicamentos hospitalares. “Enfrentamos ainda o impacto do pós-covid, com a manutenção da assistência necessária a pacientes que ainda precisam de atenção em decorrência da covid-19”, explicou Alexandre Valvano, ressaltando a importância do apoio parlamentar à Instituição.

Read Previous

Moradores do Jardim Novo Horizonte participam de reuniões do Afluentes

Read Next

Selam realiza evento de natação gratuito no fim de semana

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.