agosto 14, 2022

Pedro Aguiar proferiu palestra sobre Longevidade na Câmara de São Pedro

Pedro Aguiar proferiu palestra sobre Longevidade na Câmara de São Pedro – Foto Divulgação

A longevidade é um tema que desperta paixão em Pedro Aguiar, palestrante na programação sobre diversidade preparada pela Prefeitura de São Pedro. “Longevidade, inclusão e diversidade: um tripé que não tem idade” foi o tema abordado na palestra realizada no dia 20/06), à. Ao relembrar sua trajetória pessoal, Aguiar lembrou que desde 2010 se aprofundou no tema ao trabalhar em um projeto que tinha como meta tornar o tema da longevidade mais conhecido e estimular as pessoas a refletirem e agirem sobre esta questão.

“Meu propósito é transmitir algum conhecimento adquirido sobre longevidade ao longo destes anos para o maior número de pessoas, independente da idade. Todos nós precisamos de informações e nos conscientizar claramente de que vamos envelhecer um dia. E para isso é importante nos prepararmos continuamente para esse momento de nossas vidas”, afirmou.

Ao abordar os tema Diversidade e Inclusão, citou um exemplo: “diversidade é convidar todos os tipos de pessoas para uma festa e inclusão é chamar essas pessoas para danças”. Na palestra, destacou também que o Brasil envelhece de forma desigual e que a busca por soluções deve incluir a mobilização de toda a sociedade, com maior empoderamento de idosos, garantias de aprendizagem ao longo da vida, trabalho e redes de apoio.

Citou ainda capitais essenciais para envelhecer bem, como investimentos em saúde, em conhecimento, financeiros e social e estatísticas que apontam que o número de idosos existentes hoje no mundo – 1 bilhão – deve dobrar até 2050.

MAIS PROGRAMAÇÃO – As atividades programadas para celebrar a Diversidade continuaram ao longo desta semana. No dia 23, às 20h, Mayra Camargo falou sobre Diversidade Étnica, e Inclusão na Etec Gustavo Teixeira.

Estereótipo é o tema da palestra de Rita Von Hunty, persona de Guilherme Terreri Lima Pereira, formado em artes cênicas e letras. Na palestra que acontece hoje dia 24 as às 20h00, no Centro de Convenções, quando serão abordados temas como a história e origem dos estereótipos, significado da palavra, consequências negativas da propagação de estereótipos (exclusão) e a importância da conscientização, da inclusão, da diversidade e da representatividade. As inscrições gratuitas devem ser feitas pelo Sympla ou por meio do link https://www.sympla.com.br/mes-da-diversidade—palestra-sobre-estereotipos-com-rita-von-hunty__1600158?fbclid=IwAR1PQ0h6EtJQdjVwssDnVn2pjEsIRPucRjYJ-6rnQpQqlbOqOhNxjYY2qwg

O espetáculo “Rogério venha ver a travesti”, com Anselmo Figueiredo será apresentado no dia 25, às 20h00 no Museu Gustavo Teixeira.

A psicóloga Rosineide Soares fala sobre pessoas com deficiência ou com desenvolvimento atípico: um diálogo sobre inclusão, no dia 26, às 15h00 na Secretaria de Turismo.

No dia 27, às 08h00 e às 10h00, alunos dos terceiros anos da Etec Gustavo Teixeira apresentam a peça “Diversidade sim, felicidade também!” no Cine Teatro São Pedro.

Alunos do 1° Itinerário de Linguagens e Ciências Humanas da Etec Gustavo Teixeira apresentam, às 8h e as 10h do dia 28, no Cine Teatro São Pedro, a peça “As curiosidades da Emília”.

Outra atividade da programação será conduzida pela psicóloga Luana Bertochi, que vai fazer palestras e conversas nas escolas públicas com o tema “O medo de ser quem somos!, como as mídias sociais influenciam no desenvolvimento dos jovens”. As palestras acontecem até o final de setembro, contemplando todas as escolas públicas da cidade.

Nas escolas da rede municipal, os alunos estão elaborando cartazes, com orientação dos professores, sobre a intolerância, diversidade e todas as formas de preconceito. Os trabalhos serão expostos no museu Gustavo Teixeira.

Toda a programação é gratuita e a inscrição prévia deve ser feita para a palestra de hoje.

Read Previous

“Tiko Souza” deverá ser homenageado na Câmara de Torrinha

Read Next

I Encontro do Grupo de Gestantes 2022 de Brotas