julho 1, 2022

Orquestra de Violeiros de São Pedro retoma ensaios no Museu Gustavo Teixeira

Fotos: Daniella Oliveira

Com viola, violão, canto, sanfona e até berrante, grupo irá se apresentar no dia 9 de julho, na Festa de São Pedro

Após dois anos de poucos encontros e sem apresentações por conta da pandemia, os integrantes da Orquestra de Violeiros de São Pedro retomaram os ensaios no Museu Gustavo Teixeira e se preparam para uma inovadora apresentação na noite do próximo dia 9 de julho, na Festa de São Pedro. A retomada das atividades da orquestra é fruto de uma parceria entre a Coordenadoria de Cultura e Escola de Música Musiarts.
“Essa orquestra nasceu em 2005 e já passou por várias reformulações. Antes da pandemia era só tocada, mas agora, com essa parceria da Musiarts, o grupo decidiu unir a viola, o violão e o canto”, disse o coordenador de Cultura, Ivan Teixeira, ao ressaltar que as oficinas de viola e violão também acontecem no Museu Gustavo Teixeira.
Com ensaios todas as quartas-feiras, a partir das 18h30, a Orquestra de Violeiros conta com aproximadamente 40 integrantes, de 15 a 65 anos. “No primeiro período do ensaio trabalhamos com o grupo de iniciantes, e logo após recebemos os integrantes da orquestra, que consideramos de nível avançado”, explicou a proprietária da escola de música e responsável pela parte vocal do grupo, Natalia Olivieri Gregolin. “Nossa proposta é unir os dois grupos para as próximas apresentações”, disse.
De acordo com o coordenador musical e responsável pela oficina de viola, Gabriel Teixeira Polegate, para o dia 9 de julho o grupo está preparando várias músicas do repertório caipira de raiz, como os clássicos Chico Mineiro e Chalana. “Estamos focando na participação de vários integrantes cantando, para assim termos uma diversidade em nossos arranjos musicais.O público pode ficar ansioso, pois terá o melhor da música raiz e outras possibilidades que a viola caipira e o violão podem fazer”, disse, sobre a apresentação que terá cerca de 2 horas de duração.
Para essa nova cara da orquestra, que terá berrante e sanfona, o grupo também recebe instruções do professor e orientador da oficina de violão, Luka Funes. “O céu é o limite para esse grupo. Nossa maior missão é levar essa cultura raiz, que está na veia dos são-pedrenses, para toda região. Queremos levar o nome de São Pedro por meio dessa cultura”, declarou Natália.
SERVIÇO – O Museu Gustavo Teixeira fica na rua Joaquim Teixeira de Toledo, 524, Centro. Para obter mais informações sobre as oficinas de viola e violão, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Telefone: (19) 3481-9205.

Read Previous

Premiação da Feira de Ciências e Mostra de Robótica e homenagem a professores marcam final da Expo Movimento Inova 2022

Read Next

Saúde amplia atendimento nos centros de testagem para Covid-19

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.