julho 1, 2022

Oficina de poda de árvores encerra ações da Semana do Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Foi com uma oficina de poda de árvores que a Prefeitura de São Pedro, por meio da Coordenadora de Meio Ambiente, fechou uma extensa programação da Semana do Meio Ambiente. Reunidos no anfiteatro da Secretaria de Turismo, no último dia 10, profissionais de jardinagem receberam conhecimento e certificado da aula teórica e prática ministrada pelo o engenheiro agrônomo e idealizador do Programa Município VerdeAzul, José Walter Figueiredo Silva.

Com base na poda chamada de “derrame natural”, o engenheiro defende a valor natural que aprendeu nas florestas. “Eu ensino totalmente diferente do que aprendi na faculdade. Sou contra essa prática de poda que visa a produção e não a conservação. Acredito e defendo a forma que Deus fez, da poda do derrame natural”, declarou.

Ainda sobre os princípios da poda, Silva comentou que “as cidades têm problemas que atrapalham as árvores, e não as árvores que atrapalham a cidade”. De forma didática e prática, os profissionais puderam conhecer a forma correta de cortar os galhos quando necessário. “O ser vegetal é o único que depois de um corte continua vivo, trabalhando para se restaurar. O segredo da poda é permitir que as árvores mantenham sua capacidade natural de se curar; essa magia que muitos não sabem”, ressaltou.

Há pouco tempo na área da jardinagem, Pedro Moreira, de 27 anos, aprendeu bastante na oficina. “Comecei a ajudar meu sogro, que é jardineiro, no meu tempo livre. Acabei pegando o gosto por esse trabalho e, quando soube dessa programação gratuita, achei muito bom participar. Aprendi regras importantes que não sabia”.

Apesar de não trabalhar na área, a artesã Crivania Malagoni participou da aula com a intenção exclusiva de aprender. “Todas essas ações que envolvem o meio ambiente e plantio de árvores me chamam atenção. Até para cobrar eu preciso aprender. Vou usar esse conhecimento para levar para minha casa”, frisou ela.

Segundo o coordenador do Meio Ambiente, Rogério Bosqueiro Júnior, mais de mil pessoas participaram da programação de duas semanas. “Ficamos muito felizes com o resultado das nossas semanas do meio ambiente e surpresos com a adesão a nossa programação. Difundimos muitos conceitos, aprendemos muitas abordagens e vislumbramos muitas possibilidades para São Pedro, ao lado de mais de mil pessoas, com uma diversidade de experiências incríveis: crianças, adolescentes, adultos, idosos, técnicos, artistas e ambientalistas. Todos com uma mesma paixão: o meio ambiente de nossa cidade”, destacou o coordenador.

Read Previous

BAEP 10 captura mais um foragido da Justiça em Piracicaba

Read Next

Escolas Municipais de Rio das Pedras fazem festa Junina

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.