agosto 14, 2022

Mães que atuam na frente de trabalho participam de café da tarde oferecido pelo Fundo Social de São Pedro

Foto: Divulgação

Para comemorar o Dia das Mães, o Fundo Social de Solidariedade de São Pedro reuniu aproximadamente 40 mulheres do Programa Emergencial de Auxílio Desemprego, na última sexta-feira, dia 6, no Parque Maria Angélica, para de um delicioso e divertido café da tarde. Além de uma aula de alongamento e dicas importantes para saúde, as convidadas também receberam um kit de higiene pessoal.

De acordo com a presidente do Fundo Social, Márcia Dente, o motivo do encontro foi além da comemoração da data. “O objetivo também é de valorizar e dar voz para essas profissionais. Muitas vezes essas mulheres, mães, passam despercebidas e quase não são lembradas pela população em geral; elas merecem uma verdadeira valorização”, declarou Márcia.

Há 18 anos no trabalho de capinação e limpeza das vias públicas, Neuza Aparecida Morais, de 57 anos, disse que amou o café da tarde. “Sou mãe de quatro filhos e trabalho bastante para cuidar da família. Que esse seja o primeiro de muitos momentos de descontração e valorização para gente”, declarou.

Para Maria José dos Santos, de 62 anos, a tarde no parque foi uma boa surpresa. “A gente só trabalha, né? Então passar a tarde aqui, ganhar um lanche gostoso e ainda uma lembrancinha é muito legal. Gostei da iniciativa do Fundo Social”, disse.

Ganhadora do vaso de flores disputado na gincana, a jovem Jhennieffer Del Grande, que trabalha há cinco meses na Coordenadoria de Desenvolvimento Social, também falou do encontro. “Antes de ser contratada, estava desempregada há quase um ano, com três filhos. Para gente que não está acostumada a ser valorizada, fiquei muito feliz com esse momento”.

Auxílio: Segundo a coordenadora de Desenvolvimento Social, Adriana Mariano, o Programa Emergencial de Auxílio Desemprego tem o objetivo de oferecer ocupação, qualificação profissional e renda para moradores de São Pedro. Atualmente, o programa conta com 38 mulheres, com idade acima de 18 anos, que não possuem nenhum outro tipo de renda. “Elas trabalham na capinação, limpeza das ruas e de locais públicos, e, algumas, em setores administrativos”, disse Adriana, sobre o grupo selecionado por assistentes sociais da Secretaria de Saúde e Desenvolvimento Social.

Read Previous

LiveWire S2 Del Mar é lançada por R$ 76 mil nos EUA com autonomia de 160 km

Read Next

Crianças do Espaço Amigo fizeram homenagem às Mães

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.