agosto 14, 2022

Bebel diz que liderança de Lula nas pesquisas fica claro que o brasileiro quer virar a página

A deputada estadual Professora Bebel com o Lula, pré-candidato a presidência da República – Foto Divulgação

Datafolha mostra que Lula venceria a eleição em 1º turno, se fosse já

 

Para a deputada estadual Professora Bebel (PT), principal liderança do Partido dos Trabalhadores em toda região, a cada nova pesquisa eleitoral sobre as eleições para presidente do Brasil, que acontecem neste ano, em dois de outubro, “fica mais claro que o povo brasileiro quer virar a página da desesperança, do atraso, do retrocesso, da violência, desemprego, abandono e miséria”. O resultado da pesquisa que aponta o ex-presidente Lula na liderança, com grandes possibilidades de vencer já em primeiro turno, mostra que “estamos no bom caminho para que o Brasil volte a sorrir. Com trabalho e muita mobilização vamos levar o Presidente Lula de volta ao Palácio do Planalto”, diz Bebel, defendendo muito trabalho nos 100 dias que faltam até as eleições, quando serão eleitos governadores, um senador, deputados federais e deputados estaduais.

De acordo com pesquisa Datafolha, divulgada nesta última quinta-feira, 23 de junho, Lula tem 47% no primeiro turno, contra 28% do presidente Jair Bolsonaro. A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, e venceria já no primeiro turno, uma vez que obteria 53% dos votos, descontando os nulos e brancos.

Já num cenário de segundo turno, Lula tem 57% e Bolsonaro tem 34%. Já 55% dizem não votar em Bolsonaro de jeito nenhum. Foram apresentados como pré-candidatos: Lula (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Luciano Bivar (União Brasil), Felipe D’Ávila (Novo), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), General Santos Cruz (Podemos), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).

Em relação ao levantamento anterior, Lula oscilou um ponto para menos, dentro da margem de erro. Bolsonaro oscilou um ponto para mais, também dentro da margem de erro.

Na pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno Lula (PT): 47% (48% na pesquisa anterior, em maio); Jair Bolsonaro (PL): 28% (27% na pesquisa anterior); Ciro Gomes (PDT): 8% (7% na pesquisa anterior); André Janones (Avante): 2% (2% na pesquisa anterior); Simone Tebet (MDB): 1% (2% na pesquisa anterior); Pablo Marçal (Pros): 1% (1% na pesquisa anterior); Vera Lúcia (PSTU): 1% (1% na pesquisa anterior). Em branco/nulo/nenhum: 7% (7% na pesquisa anterior). Não sabe: 4% (4% na pesquisa anterior).

Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Votos válidos — Lula ganharia no primeiro turno, pelos números do Datafolha divulgados nesta quinta. Em relação à pesquisa anterior, ele e Bolsonaro oscilaram dentro da margem de erro. Lula (PT): 53% (54% na pesquisa anterior, em maio) e Bolsonaro (PL): 32% (30% na pesquisa anterior, em maio), enquanto que Ciro (PDT): 10%.

Pesquisa espontânea — A pesquisa espontânea mostra que Lula segue líder: tinha 38% e agora tem 37%. Bolsonaro passou de 22% para 25%; Ciro: 3% (2% em maio)

Não sabe: 27% (29% em maio). Em branco/nulo/nenhum: 6% (5% em maio). A margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Read Previous

FestA! Festival de Aprender do Sesc São Paulo retorna ao presencial

Read Next

Deputada Bebel propõe plano estadual para os servidores públicos