Policiais do BAEP 10 prendem armas e drogas em Hortolândia

Policiais do BAEP 10 prendem armas e drogas em Hortolândia

Na quinta-feira passada, dia 16, durante patrulhamento de Ações Especiais de Polícia, do BAEP 10, pela cidade de Hortolândia, a equipe juntamente com as demais viaturas do 3° Pelotão, em cumprimento a um mandado de busca e apreensão, se deslocou a rua dos Pinhais n° 127, onde um indivíduo ao perceber a aproximação das viaturas, correu para dentro do imóvel e trancou o portão, diante da recusa em abrir foi necessário o uso da força para romper obstáculo.

No interior do imóvel foram abordados M.R.M.A, que trazia consigo R$394,00,  M.S.O, com R$246,00 e A.S.P, com R$ 802,00, sendo que os três indivíduos quebraram os celulares,  momento que ao serem questionados disseram  que correram porque o quarto estava recheado de drogas, o que foi de imediato constatado, sendo localizado no chão do quarto indicado 41 kits de cocaína, 05 sacolas com pasta base de cocaína, 08 tijolos de maconha, embalados com fita adesiva vermelha, 03 pedaços menores de maconha, 01 pacote contendo maconha a granel, 61 porções de maconha embaladas em papel alumínio, 01 máquina de contar dinheiro, diversas embalagens vazias, 11 balanças de precisão, 03 facas, 05 liquidificadores, 01 marreta, 01 rolo de papel filme, material para refino e embalo, e folhas com anotações da traficância.

Na garagem do imóvel n° 127, havia o veículo Volkswagen UP, pertencente à A.S.P, sendo localizado, com apoio do BAEP K9, cão Thor, no estofado do banco dianteiro direito 20 kits de cocaína, e dentro do imóvel n°117 o veículo Volkswagen Jetta, sendo localizado no descanso de braço 10 kits com cocaína, veículo que segundo M.R.M.A pertence a seu irmão A.A.M.A, e na frente do imóvel o veículo Honda HRV, pertencente a M.R.M.A, tendo embaixo da estrutura do banco traseiro 02 tijolos de maconha.

No momento da abordagem M.S.O dispensou um molho de chaves no fundo da residência, e ao ser questionado disse que as chaves eram de sua residência na rua Pau Brasil, e confirmou que jogou as chaves porque havia mais drogas no imóvel, diante da fundada razão e consentimento de M.S.O à residência foi verificada sendo localizado dentro de um freezer, no quarto, 91 tijolos de maconha, 1600 porções de cocaína, um caderno com anotações, e 02 balanças de precisão.

Solicitado o documento de M.S.O que disse que o documento estava em sua outra residência, mas não soube informar o endereço, indicando o caminho até a rua Nossa Senhora da Conceição, viela B, número, Parque dos Pinheiros, Campinas onde foi localizado um fuzil calibre 556, modelo AR15 da marca Rock River Arms, de fabricação Norte Americana, um carregador 556, da marca Surefire, com capacidade de 90 munições, 03 carregadores da marca Magpull, 01 carregador da marca Colt Fire Arms, e 01 sem marca aparente, um capacete balístico, 01 colete balístico, 191 munições calibre 556 e 11 calibre 762.

Ao todo, foram feitas as seguintes apreensões: 01 Fuzil Marca Rock River Arms modelo Ar15, calibre 5.56; 06 carregadores de marcas diversas para munição 5.56; 191 munições calibre 5.56; 11 munições calibre 7.62×39; 01 colete balístico; 01 capacete balístico; Acessórios militares diversos; 57,550kg de maconha; 9,550kg de cocaína; Material de endolo e refino de drogas; R$ 1.442,00 em cédulas diversas; 03 veículos e 01 máquina contadora de dinheiro

M.R.M.A disse que a droga pertence a organização criminosa PCC, que estava na responsabilidade sua, que A.S.P é o químico que prepara a droga e M.S.O estava ajudando no refino. Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos três indivíduos pelos crimes previsto no artigo 33, 34 e 35 da lei 11.343/06, e artigo 16 e 18 da lei 10.826, sendo os mesmos conduzidos ao Plantão Policial, onde o delegado ratificou a voz de prisão permanecendo os indivíduos à disposição da justiça.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta