BAEP 10 prende dois por receptação e adulteração de chassi de veículo em Rio Claro

BAEP 10 prende dois por receptação e adulteração de chassi de veículo em Rio Claro

Nesta terça-feira, dia 24, o BAEP 10, de Piracicaba, prendeu dois indivíduos por receptação e adulteração de chassi de veiculo.

A prisão aconteceu no Jardim Bom Sucesso, em Rio Claro.

Segundo o BAEP, durante patrulhamento pela área do 37° BPM/I, foi avistado um indivíduo sem capacete conduzindo uma motocicleta de cor preta sem a placa de identificação, sendo prontamente abordado pela Rua 13 do bairro Bom Sucesso.

Em busca pessoal nada de ilícito foi encontrado com I.T.S. de 20 anos de idade, que não portava nenhum documento, porém ao vistoriar a motocicleta foi constatado que além da placa, o número de chassi e o número do motor haviam sido lixados, entretanto, foi localizada uma etiqueta sob o banco com o número do chassi, que após pesquisas constou a placa, Honda CG Titan 150 ESD, sendo esta motocicleta envolvida em um homicídio na cidade de Rio Claro no dia 08 deste mês, e que após o crime foi subtraída.

Questionado, o abordado alegou que comprou a motocicleta de um conhecido, tendo dado um aparelho celular mais a quantia de R$ 1.000,00.

Em seguida , a equipe abordou O.J.P.S. de 21 anos de idade, onde nada de ilícito foi encontrado, sendo que ao ser questionado alegou que pegou a motocicleta como pagamento de uma dívida de  uma pessoa chamada Thierry, que após, lixou o chassi e número de motor e a vendeu para I.T.S. pelo valor de R$ 1.000,00.

Em ato contínuo foi feito contato com o proprietário R.L.D. que relatou que em 08 de agosto, emprestou sua motocicleta para uma pessoa chamada Gabriel, que foi morta a tiros na Av. Brasil na cidade de Rio Claro, sendo que na ocasião foi até o local, porém  sua motocicleta havia sido subtraída, sendo gerado apenas um alerta de furto.

Diante do ocorrido foi dada voz de prisão aos abordados pelos crimes de Receptação e Adulteração de chassi de veículo automotor. sendo ambos conduzidos até o Plantão Policial da cidade de Rio Claro, onde a autoridade de polícia judiciária foi cientificada do ocorrido e deliberou pela lavratura da ocorrência, sendo que I.T.S foi recolhido à prisão, O.J.P.S. responderá aos crimes em liberdade.

A motocicleta foi restituída ao seu legítimo proprietário.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta