Leitura do longa Chica Preta será apresentado no Ponto de Cultura Garapa

Leitura será na segunda, 11/04, às 19h00

Na segunda-feira, dia 11, às 19h00, o Ponto de Cultura Garapa recebe a leitura dramática do roteiro de longa-metragem Chica Preta, de Jhoão Scarpa. O evento é gratuito e a realização é da Secretaria Municipal da Ação Cultural, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Percepção Visual Fotografia e Treinamento. O projeto foi contemplado pela Lei Emergencial Aldir Blanc nº 14.017/2020.

Francisca Ferreira, a Chica Preta, nasceu em data não sabida e faleceu em 09/06/1985, em Conchas, interior de São Paulo. Era filha de Joaquina Ferreira Xis e Benedito Louveira Ferreira. Nasceu mulher. Nasceu preta. Tornou-se Chica Preta. Mulher independente, à frente de seu tempo e espaço, sofreu discriminação.

“A produção do desenvolvimento do roteiro se iniciou com a captação de depoimentos de familiares, amigos e conhecidos que tiveram a oportunidade de conviver com ela, além de minhas próprias memórias de criança, quando a conheci”, conta o autor Jhoão Scarpa.

Em posse desse material, foi dado início à construção do roteiro e à produção de um teaser com os principais depoimentos colhidos. A primeira versão do roteiro foi submetida à supervisão de uma script doctor, Thaís Dias que, além de analisar a estrutura do roteiro, também fez considerações acerca dos elementos da negritude feminina, abordados na história. A proposta do projeto é trazer questões acerca da vida de Chica Preta dentro do contexto social, político e econômico do período em que ela viveu.

Read Previous

Festival de Páscoa é opção de diversão para crianças e adultos no fim de semana

Read Next

Piracicaba é contemplada no programa Rios Vivos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.