agosto 14, 2022

“Eu adotei Piracicaba e hoje ela me adotou”, declara nova cidadã

“Eu adotei Piracicaba e hoje ela me adotou”, declara nova cidadã – Foto Guilherme Leite – MTB 21.40

Farmacêutica Luiza Barros Pereira recebeu o Título de Cidadã Piracicabana das mãos do vereador Pedro Kawai (PSDB)

 

A farmacêutica Luiza Barros Pereira foi adotada por Piracicaba, como ela mesma resumiu, ao receber o Título de Cidadã Piracicabana, em sessão solene promovida pela Câmara Municipal nesta sexta-feira (22), nas dependências do Salão Nobre “Helly de Campos Melges”. A homenagem tem origem no decreto legislativo 45/2020, de autoria do vereador Pedro Kawai (PSDB), que presidiu a solenidade nesta noite.

Luiza Barros Pereira nasceu no Rio de Janeiro em 16 de maio de 1965, filha de Rosália Barros Pereira. Foi criada na Paraíba e formou-se em Farmácia pela Universidade Federal da Paraíba, em 1989. Mudou-se para Piracicaba em 1990, após um passeio no feriado de Páscoa, em que se apaixonou pela cidade. Casou-se com Stefano Ferry, com quem, em 1992, inaugurou o Restaurante Tambatajá. Em Piracicaba, teve suas duas filhas, Larissa e Laura Ferry.

A trajetória profissional de Luiza é marcada pelos quase 20 anos de atuação na Prefeitura de Piracicaba, onde atualmente trabalha no Departamento de Assistência Farmacêutica, como responsável pela Farmácia Caxambú.

Na solenidade desta sexta-feira, ela também recebeu homenagem do Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo, através da vice-presidente do órgão, Luciana Canetto Fernandes. “Tive a honra de trabalhar com a Luiza por mais de 20 anos na Prefeitura. É muito merecida de fato esta homenagem”, colocou. “O trabalho dela nunca foi entregar caixinha, como dizem, mas ela sempre teve a preocupação com a qualidade de vida do paciente, sempre com muitos projetos no departamento”.

Também prestou o reconhecimento pelo trabalho e trajetória de Luiza a representante do Departamento de Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de Piracicaba, Thais Fernanda Liberali. “Nesses anos todos de trabalho, tivemos muitos contratempos, muitas alegrias e muito choro. Tenho muito orgulho de ter uma chefe como a Luiza e de tê-la também na minha vida. Ela é minha amiga acima de tudo, minha chefe e minha companheira”, destacou.

O autor da homenagem, vereador Pedro Kawai (PSDB), lembrou que conheceu Luiza em um episódio de luta pela classe dos farmacêuticos e pela qualidade da Farmácia do Caxambú. “Como não reconhecer uma profissional que se apaixonou por Piracicaba à primeira vista? Como não reconhecer o carinho, o afeto, a preocupação que ela tem com os cidadãos?”, ponderou. “É esta cidade que hoje te reconhece e te abraça, assim como você abraça a todos no dia a dia”.

A homenageada destacou o momento como ímpar em sua vida. Ela contou que, no primeiro passeio por Piracicaba, comentou que poderia morar na cidade, que considerou linda à primeira vista. “Creio que todos os anjos ouviram e disseram amém”, disse ela. “Minha missão de vida é promover saúde e qualidade de vida. Sou apaixonada pelo que faço. Estou feliz pelo significado afetivo desta honraria e pelas reflexões que fui levada a fazer. Este título sela a minha relação com Piracicaba, cidade que me proporcionou tudo o que tenho. Agradeço a esta cidade que adotei como minha e, agora, oficialmente fui adotada por ela”.

Read Previous

Socorro oferece turismo religioso intimista e longe de grandes aglomerações

Read Next

Piracicaba completa 255 anos de Fundação. Parabéns a Noiva da Colina!