agosto 19, 2022

Escola Municipal Joaquim Carlos Alexandrino de Souza participa da Olimpíada Brasileira de Astronomia

foto- divulgação

33 alunos foram inscritos; provas ocorreram hoje, 20/05, simultaneamente em todo o Brasil

Os alunos do 2º ano C da Escola Municipal “Joaquim Carlos Alexandrino de Souza, localizada no Jardim Caxambu, realizaram as provas para a 25ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) nesta sexta-feira, 20/05.

A ação foi coordenada pela professora Agatha Battonyai Valeriano, que há anos vem desenvolvendo com seus alunos os projetos para a OBA, visando o desenvolvimento da criatividade das crianças. “Essa atividade contribui para o crescimento dos alunos, incentivando a criarem a curiosidade, a assistirem os vídeos e realizar o projeto. Ver os foguetes no ar é gratificante para nós”, destaca.

Simultaneamente, no último dia 13/05, os alunos fizeram a prova teste da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), que integra a OBA, com a construção e o lançamento de foguetes, a partir de uma base e o mais distante possível.

Os foguetes e bases de lançamentos foram construídos por equipes de até três integrantes, e a prova realizada de forma presencial na unidade escolar sob supervisão dos professores aplicadores.

Ao final, todos os 33 alunos participantes receberão um certificado de participação, bem como os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares. Além disso, serão distribuídas medalhas para os alunos que obtiveram os maiores alcances em seus respectivos níveis.

A OBA e a MOBFOG são eventos abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, sem exigência de número mínimo ou máximo de alunos, os quais devem preferencialmente participar voluntariamente. Podem participar das competições alunos do 1º do ensino fundamental até alunos do último ano do ensino médio, sendo que da MOBFOG também podem participar alunos do ensino superior.

Foi muito legal participar e ficar mais esperta com o espaço. Já tentei fazer o foguete com a minha família, e vou fazer outras vezes. Foi muito legal participar da competição e sempre que tiver eu quero participar.”, diz contente a aluna Ana Luiza Santos Medeiros.

Texto

Comunicação SME

Read Previous

Cordeirópolis promove o projeto Pipa Legal em todo o município.

Read Next

Defesa Civil municipal orienta como prevenir incêndios no período de estiagem

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.