dezembro 5, 2023

Com biometria facial, SME moderniza sistema de ponto eletrônico de funcionários

Com biometria facial, SME moderniza sistema de ponto eletrônico de funcionários – Foto: Divulgação

Os equipamentos já começaram a ser instalados nos setores administrativos e nas unidades escolares e estarão em funcionamento para o ano letivo de 2023

A Secretaria Municipal de Educação de Piracicaba para 2023 tem preparado novidades para o ano letivo que se iniciará no dia 31/01. A pasta vem implementando um novo sistema de ponto eletrônico de funcionários, que conta com biometria facial, ofertando ainda mais transparência no processo e facilitando o registro dos servidores.

Por meio da Divisão de Informática e Tecnologias Educacionais da SME, foram adquiridos, neste momento, por meio de ata de registro de preços, 142 aparelhos que atenderão as demandas dos setores administrativos e de todas as unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, inclusive as vinculadas. Ao todo, o contrato prevê a instalação de até 157 leitores nas estruturas da Educação Municipal.

Os equipamentos já estão sendo devidamente instalados por parte da empresa vencedora do processo e, após esta etapa, os gestores das escolas municipais e os chefes de setor agendarão, junto aos seus servidores, a realização do cadastro facial, para colocar, de fato, o sistema em pleno funcionamento.

Segundo o secretário Bruno Roza, o investimento trará mais transparência e auxiliará a SME no registro de entrada e saída dos servidores dos locais de trabalho “Temos hoje uma parcela considerável de servidores com dificuldade na leitura de suas digitais, em parte, pela exposição ao giz e outros produtos. Nossa equipe buscou os melhores modelos, dentro das normas vigentes, para garantir o controle de suas jornadas de trabalho”, registra.

De acordo com Jéssica Toledo, chefe do setor de Informática e Tecnologias Educacionais, os novos equipamentos otimizam as informações, os quais, em tempo real, demonstram o registro de entrada e saída dos postos de trabalho. “Os equipamentos que atualmente temos nos nossos setores possuem mais de 10 anos de uso e estão apresentando problemas recorrentes, inclusive tendo algumas peças já fora de linha de produção. Os novos pontos contam, além da tecnologia de reconhecimento facial, de um sistema que os setores conseguem acompanhar, em tempo real, quem está ou não nos ambientes de trabalho, facilitando nas rotinas e nos demais processos administrativos”, destaca.

Read Previous

Escolas municipais são alvo de furtos e vandalismo

Read Next

Força-tarefa da Prefeitura segue trabalhando para minimizar efeitos das chuvas