Capri e Fabiano Redondo questionam a não regulamentação de dobras de professores e assuntos referentes Magistério

Capri e Fabiano Redondo questionam a não regulamentação de dobras de professores e assuntos referentes Magistério

A falta do envio de um Projeto de Lei que trata sobre as “dobras” dos professores da rede municipal e outros assuntos relacionados ao Magistério de Torrinha, motivou os vereadores Evaldo Spigolon, o Capri (Podemos) e Fabiano Redondo (PSL) a apresentarem o Requerimento Nº 001-2021, durante a 1ª sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada na terça-feira, dia 2 de fevereiro.

Os parlamentares questionam ainda quais os critérios adotados para a atribuição de aulas na cidade e requerem cópia de tais atribuições; se houve diminuição de salas de aulas e quantas foram diminuídas; qual o número de alunos por sala de aula em cada unidade escolar da cidade; se houve contratação de professores e em caso positivo quantos e qual a forma de contratação e ainda quais são os profissionais que atuam em cargos de gestão, tais como diretores, professores e coordenadores.

Os parlamentares destacam que o projeto de “dobras” ficou acordado em uma reunião ocorrida na Câmara Municipal e que o assunto tem gerado dúvidas, o que motivou o requerimento de informações, que é necessário para o exercício da função parlamentar.

“Precisamos dessas informações para poder explicar e esclarecer os inúmeros professores que tem nos abordado quando ao acordo firmado nesta casa e que até o momento não está sendo cumprindo, assim que tivermos as informações estaremos repassando aos profissionais e se necessário adotaremos as medidas cabíveis na tentativa de resolver a situação”, comentaram os parlamentares.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta