Último registro de chuvas em São Pedro é do dia 30 de julho

Último registro de chuvas em São Pedro é do dia 30 de julho

O último registro de chuvas em São Pedro foi no dia 30 de julho, com um volume de apenas 8,75 milímetros. Os 27 dias seguintes sem chuvas criam uma situação de preocupação e atenção.

“O fenômeno climático La Niña provoca temperaturas muito altas, o que eleva o consumo de água e a falta de chuvas altera a vazão dos mananciais, que está bem baixa”, informa o diretor-presidente do Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro), Giovane Genezelli.

“A população precisa usar esse bem cada vez mais precioso da forma mais consciente possível”, recomenda o presidente.

A falta de chuvas é uma situação que gera preocupação em todo o país, especialmente nos 5 estados, entre eles São Paulo, que enfrentam o que já é considerada a pior seca em 91 anos, de acordo com um comitê de órgãos do governo federal , responsável pela emissão inédita de um alerta de emergência hídrica para o período de junho a setembro.

O déficit de chuvas atual já é considerado severo, segundo o Sistema Nacional de Meteorologia (SNM), que representa o comitê de órgãos do governo federal. Para especialistas, a falta de chuvas deve continuar nos próximos meses, tradicionalmente mais secos e pode até mesmo avançar no verão, quando o volume de chuva tende a ser maior.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta