Santa Casa participa de Fórum Sustentável

A Santa Casa de Piracicaba integra a relação de hospitais filantrópicos do estado de São Paulo que participarão do ‘1º Fórum Somos SUStentáveis’. Promovido pela Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), o evento acontece durante todo o dia da próxima segunda-feira, 12 de março, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, com o objetivo de mostrar ações em gestão de saúde pública que vêm sendo implantadas pelas instituições filantrópicas para aprimorar o atendimento à população por meio do programa Santas Casas SUStentáveis, do Governo do Estado de São Paulo.

O evento contará com a presença do governador Geraldo Alckmin e do secretário de estado da Saúde, David Uip, que acompanharão os cases apresentados pelos hospitais participantes para escolha e premiação das três experiências mais exitosas nas categorias Sustentabilidade, Qualificação da Gestão e Qualificação da Assistência e Segurança do Paciente. Na ocasião, também haverá palestras sobre a mudança estratégica para constituição de redes de atenção à saúde e a importância dos indicadores para a medição de resultados e aprimoramento da gestão.

O provedor da Santa Casa de Piracicaba, João Orlando Pavão, que participará do evento ao lado de diretores, gestores e lideranças da Instituição, revela que o programa SUStentáveis é uma iniciativa instituída pela Secretaria de Estado da Saúde para auxiliar as Santas Casa e hospitais filantrópicos. “O recurso repassado às filantrópicas por meio deste programa ajuda a compensar o déficit que essas instituições têm por conta da defasagem da tabela de procedimentos do SUS”, explicou.

Segundo Pavão, para tornar o acesso da população aos cuidados de saúde mais justo, equitativo e adequado a suas necessidades e ao potencial produtivo do sistema de saúde, todas as unidades que recebem os recursos do programa disponibilizam suas internações, consultas e exames para acompanhamento no Sistema de Informação Estadual de Regulação, garantindo transparência na relação de parceria entre gestor e prestador.

Para o presidente da Fehosp, Edson Rogatti, o programa tem permitido melhorias significativas nos hospitais, impossíveis de serem aplicadas anteriormente, apenas com o valor pago pelos atendimentos SUS efetivados. “O SUStentáveis também ajudou a reduzir problemas pontuais de gestão”, disse Rogatti, ressaltando que o maior objetivo do encontro é servir de exemplo para outros estados ao  mostrar que, com o programa, é possível melhorar a saúde pública. “A união entre Santas Casas e os governos estaduais é benéfica para todos – instituição, poder público e população”, pontuou.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta