Revista Crea São Paulo seleciona artigos científicos para publicação

Profissionais e estudantes da área tecnológica podem enviar conteúdo até 30/04

Estudo do Observatório em Ciência, Tecnologia e Inovação (OCTI) revelou que, em 2020, a produção científica brasileira cresceu 32,3% em comparação a 2015, sendo que as áreas que mais se destacaram foram as de Engenharia, Química e Agricultura. Para incentivar ainda mais esse crescimento, fortalecer o elo entre mercado e academia e assegurar um espaço de divulgação e debate da ciência, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) está selecionando artigos para publicação na quarta edição da Revista Crea São Paulo. Profissionais e estudantes da área tecnológica devem submeter o conteúdo para avaliação até 30 de abril pelo e-mail comunic@creasp.org.br.

O periódico do Crea-SP, em formato totalmente digital, conta com um suplemento tecnocientífico para difundir o conhecimento produzido pelas instituições de ensino no Estado. A contribuição de São Paulo para a produção nacional representa 50% de todos os artigos científicos publicados em revistas indexadas, segundo pesquisa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Diante da intensa atuação da ciência paulista, o Conselho abre mais uma frente para o compartilhamento entre pesquisadores, profissionais e sociedade. Os interessados podem encaminhar artigos acadêmicos, relatos de experiência, como projetos de extensão, oficinas, visitas técnicas, dentre outros, e notas de pesquisa. A análise e seleção do material será realizada pela Diretoria de Educação do Crea-SP e pela Coordenadoria do Colégio Estadual de Instituições de Ensino Superior de São Paulo (CIES).

Representante de Instituição de Ensino Superior no Plenário do Crea-SP, a diretora de Educação do Conselho, Profa. Dra. Eng. Andrea Cristiane Sanches, destaca que o estímulo à divulgação da produção acadêmica das instituições de ensino beneficia igualmente professores e alunos. “Além de não exigirmos que o material publicado seja inédito, damos espaço e visibilidade ao que é desenvolvido dentro das instituições de ensino, visto que a Revista Crea São Paulo atinge um público de profissionais da área tecnológica, o que aproxima estes dois ambientes: o acadêmico e o profissional regularmente registrados no Conselho”, ressalta.

A publicação na Revista Crea São Paulo pode ser contabilizada como “produção científica, cultural, artística ou tecnológica” nas avaliações para reconhecimento de cursos, assim como para o Índice de Seleção dos Avaliadores de Curso, ambas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Para saber mais sobre a Revista Crea São Paulo e conhecer em detalhes as normas para publicação de conteúdo, acesse este link.

Sobre o Crea-SP – Instalada há 87 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 95 mil empresas registradas.

Read Previous

Marcos Dorta quer informações para realização de melhorias do Campinho de Futebol

Read Next

Botox ou Preenchimento? Aprenda para que serve cada procedimento

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.