Quintal do Cras cria mais uma horta no Novo Horizonte

Quintal do Cras cria mais uma horta no Novo Horizonte

Projeto da Smads utiliza esses espaços como instrumentos de fortalecimento comunitário

Foto: Divulgação


No sábado, 23/10, mais um espaço do bairro Novo Horizonte recebeu uma nova horta comunitária, desta vez na Escola Municipal Prof.ª Elisabeth Consolmagno Cruz. Famílias dos alunos do Ensino Fundamental e do EJA (Ensino de Jovens e Adultos) participaram da oficina de montagem da horta.

O projeto Quintal do Cras, iniciativa do Cras Novo Horizonte, da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads), pretende, entre outras ações, fomentar a montagem de hortas e o cuidado com a terra na região do Novo Horizonte, com vistas ao fortalecimento da autonomia das famílias.

O Quintal do Cras teve início no primeiro semestre deste ano, quando a equipe identificou, nas próprias famílias atendidas na unidade, vínculos fortes com a terra. A partir daí, optou-se por utilizar a terra como estratégia de mobilização e articulação.

Desde julho deste ano, o Cras Novo Horizonte firmou parceria com o projeto Corredor Caipira, que possibilitou todo o instrumental e conhecimento para construção das hortas. A assistente social Anelize Guastalli relata que o objetivo inicial é fortalecer os vínculos dos serviços públicos existentes na região com as famílias e, a partir daí, trabalhar o pertencimento, a identidade e a autonomia dessas famílias em relação às politicas públicas e aos cuidados com o território onde vivem, além de promover discussão e reflexão sobre meio ambiente, segurança e soberania alimentar, economia solidária e fortalecimento familiar e comunitário.

Após encontros de planejamento, mapeamento e preparação, a primeira oficina prática de horta aconteceu ainda em julho, no próprio Cras. Além disso, a equipe realizou, em parceria com o movimento Tô Aqui, uma oficina de mapeamento afetivo com integrantes da comunidade Pereirinha, que se desdobrou em ação de distribuição de mudas, ramas e sementes, e roda de conversa na comunidade, sobre cada uma das plantas.

Na parceria com a escola, a proposta, a partir da horta, é proporcionar diversas atividades educativas com os alunos. Juliana Possignolo, diretora da Escola Municipal Prof.ª Elisabeth Consolmagno Cruz, no bairro Novo Horizonte, explica que, desde o início do ano e retorno ao trabalho presencial, a parceria com o Cras tem sido um grande diferencial. “A horta atende tanto a demanda da escola quanto a do Cras. Na escola, vamos trabalhar as questões do meio ambiente, alimentação saudável e preservação da natureza”, contou.

Juliana conta que, durante a oficina do último sábado, os pais participantes resgataram memórias que têm da escola e do quanto ela mudou para melhor, também lembranças da infância relacionadas ao cuidado com a terra. Para as crianças, já tem sido momentos de alegria e compromisso com o cuidar. “O projeto está em sua fase inicial e já vemos resultados na construção de uma comunidade de aprendizagem e no fortalecimento dos vínculos”, reforça Juliana.

Pessoas atendidas pelo Cras que participaram das oficinas serão voluntários e auxiliarão na manutenção das hortas implementadas.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta