Vila Sônia e Mário Dedini receberam plenárias do Orçamento Participativo

Vila Sônia e Mário Dedini receberam plenárias do Orçamento Participativo


Moradores apresentaram demandas para melhorias em seus bairros

Os bairros Vila Sônia e Mário Dedini, região Norte, receberam as plenárias do Orçamento Participativo realizadas na segunda e terça-feira, dias 31 de maio e 1º de junho, respectivamente. A reunião de segunda-feira foi realizada no CRAS Vila Sônia, na rua Padre Otto Andreas Josef Wolf, 720, e na terça-feira, no CRAS Mário Dedini, na avenida Luís Ralf Benatti, 1.400.

Entre as demandas apresentadas estão as reformas do varejão Vila Fátima; recapeamento de vias públicas do Vila Fátima, como a rua Alberto Coral, avenida Brasília e remodelação da avenida Jules Rimet; regularização da favela União, no Jardim Gilda, reforma do Centro Comunitário do Santa Fé; instalação de ecoponto no Santa Fé; manutenção do campo de futebol Umberto Pecorari, na Vila Industrial.

A comunidade também solicitou maior policiamento na região do Vila Industrial e Mário Dedini; construção de um Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE); construção de praça com bancos, iluminação e brinquedos infantis e calçamento, ao redor da avenida Rifânia e Taiuva.

A saúde também é uma preocupação da população e, entre as demandas, está a contratação de dentistas para os PSFs do Santa Rosa e Santa Rosa I. Ainda para o Santa Rosa, foi solicitada a construção de faixas elevadas ao redor da igreja matriz Santa Rosa de Lima.

Outras demandas da região Norte são a reforma do varejão e centro comunitário do bairro Algodoal/São Francisco; construção de posto de saúde no bairro Parque São Jorge e reforma do Centro Comunitário do Bosques do Lenheiro.

As reuniões, coordenadas pela Secretaria Municipal de Governo, estão abertas à participação da população e acontecem sempre às 19h e têm por objetivo manter contato com a comunidade, associações, entidades civis organizadas, no sentido de coletar demandas sobre investimentos, manutenção e serviços públicos.

Devido à pandemia, são respeitados todos os protocolos sanitários de combate à Covid-19, como distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras.

Caso as demandas apresentadas na plenária tenham algum aditamento ou acréscimo, o participante poderá encaminhar os respectivos acréscimos, até cinco dias úteis após a data de realização da plenária, à Secretaria Municipal de Governo ou à Coordenação Paritária do Conselho Municipal do Orçamento Participativo, por intermédio de ofício/carta ou e-mail comop@piracicaba.sp.gov.br

Saiba mais: O Orçamento Participativo (OP) é um mecanismo governamental de democracia participativa que permite aos cidadãos influenciar ou decidir sobre os orçamentos públicos de prefeituras municipais para assuntos locais, por meio de processos de participação da comunidade.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta