Sedema participa de ações preventivas de combate a incêndio no Horto de Tupi

Sedema participa de ações preventivas de combate a incêndio no Horto de Tupi

Curso Operação Corta Fogo foi oferecido pelo Estado

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), vem desenvolvendo ações preventivas, visando a proteção da área de visitação pública da Estação Experimental de Tupi, mais conhecida como Horto de Tupi, de incêndios. O curso é específico para incêndios florestais. Toda ocorrência de incêndio é coordenada pelo Corpo de Bombeiros que, dependendo da área, pode receber auxílio no combate ao fogo.

Na quinta-feira, 29/04, colaboradores da Prefeitura e do Horto participaram de forma virtual do curso Operação Corta Fogo, oferecido pelo Estado de São Paulo, no qual foram apresentadas instruções de combate a incêndios em áreas florestais e primeiros socorros, bem como detalhadas as ações de prevenção a serem executadas nas áreas protegidas do Estado. 

Durante o curso, ficou acertado que serão desenvolvidas campanhas educativas pelas equipes do Núcleo de Educação Ambiental da Sedema (NEA) e Fundação Florestal por meio das redes sociais, explicando, entre outras coisas, a proibição de fazer churrasco ou qualquer outra atividade que utilize fogo nas imediações do Horto de Tupi.

A equipe da Fundação Florestal também está em contato com proprietários de imóveis rurais, solicitando que adotem medidas preventivas em suas propriedades, também foi executada a roçada dos aceiros e já está programada a poda da vegetação na divisa do Horto. São realizadas ainda, por um colaborador, rondas periódicas nas divisas do Horto. O Pelotão Ambiental, a Patrulha Rural e a Polícia Militar também fiscalizam a área.

INFRAESTRUTURA – O Governo do Estado é responsável pela administração dos 198 hectares da Estação Experimental de Tupi, incluindo o território de 22,3 hectares que é aberto à visitação pública e cuja gestão é compartilhada com o município.

Para combate a incêndios, o Estado dispõe na unidade de um trator e uma carreta tanque com capacidade para 3.000 litros. Além disso, conta com o pronto-atendimento do Corpo de Bombeiros, da Brigada de Incêndio de uma usina arrendatária das áreas vizinhas ao Horto e com caminhões pipa de diversas secretaria e autarquias da Prefeitura.

O Horto de Tupi continua fechado para visitação pública e, conforme decisão do Comitê Gestor, será reaberto quando a região estiver na Fase Verde do Plano São Paulo.

A unidade é totalmente aberta, não existindo um ponto específico que torne possível o controle de acesso e o cumprimento de algumas medidas sanitárias impostas pelas fases mais restritivas do Plano São Paulo como, por exemplo, limitação do número de visitantes e medição de temperatura dos frequentadores.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta