Representantes da Santa Casa apresenta estudo em Congresso Europeu sobre Fisioterapia

Representantes da Santa Casa apresenta estudo em Congresso Europeu sobre Fisioterapia

Congresso Internacional 2021 da European Respiratory Society, aconteceu de 4 a 8 de setembro em Barcelona, na Espanha

O Departamento de Fisioterapia da Santa Casa de Piracicaba participou e apresentou a pesquisa “Força muscular respiratória e capacidade funcional de indivíduos com insuficiência renal crônica”, no Congresso Internacional virtual 2021 da European Respiratory Society, que aconteceu de 04 a 08 de setembro, em Barcelona, na Espanha.

O estudo é resultado do trabalho de pesquisa realizado pela mestranda e fisioterapeuta da instituição, Nataly Mendes, e pela estudante de iniciação científica da Unimep, Isabela Nascimento, numa parceria do Hospital com o programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Universidade Metodista de Piracicaba, sob orientação da Profa. Dra. Eli Maria Pazzianotto Forti no Setor de Hemodiálise da Santa Casa. Neste trabalho, foram avaliados 40 indivíduos do mesmo gênero e faixa etária, sendo 20 saudáveis e 20 com insuficiência renal crônica (IRC) e necessidade de hemodiálise. Observou-se que os pacientes com IRC demonstraram menor força muscular respiratória e menor capacidade funcional.

Segundo a professora Eli, que apresentou o trabalho no Congresso, tais resultados demonstram a necessidade desses indivíduos serem inseridos em programas de reabilitação, uma vez que são mais fragilizados, possuem doenças associadas e uma redução na qualidade de vida.

Como extensão desse estudo, a fisioterapeuta Nataly aplicou um programa de exercícios físicos com esses pacientes resultando, ao final de 12 semanas, numa melhor qualidade de vida em diversos aspectos mensurados, a exemplo do incremento na função social, do bem-estar, da vitalidade, da saúde geral, da função cognitiva e melhora do sono.

De acordo com a coordenadora da Fisioterapia da Santa Casa, Maura Simões, é uma satisfação poder levar o nome da Instituição em tão importante congresso, o que demonstra também a importância da Fisioterapia na reabilitação de pacientes com as mais diversas patologias, como no caso, pacientes com IRC. “A realização de pesquisas e a promoção do conhecimento técnico-científico com o aprimoramento dos profissionais, auxiliam a elevar ainda mais a qualidade do atendimento fisioterapêutico prestado no Hospital”, ressalta a coordenadora.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta