Projeto para revitalização do Barão fecha mês com arquibancadas pintadas

Projeto para revitalização do Barão fecha mês com arquibancadas pintadas

Setor da ‘geral’ do estádio foi pintado por cerca de 50 profissionais voluntários que receberam cursos de qualificação

O projeto Já que tá que Pinte, parceria entre Prefeitura de Piracicaba, XV e Tintas Coral para revitalização do Estádio Municipal Barão da Serra Negra, encerra o mês de junho com mais uma etapa concluída: a arquibancada geral foi pintada por cerca de 50 profissionais voluntários, que receberam treinamento e cursos de qualificação da Coral, e realizaram testes de Covid-19 antes de iniciar o trabalho. A ação foi organizada em conjunto com loja Corbella Tintas, que ofereceu kits completos do uniforme do time piracicabano aos voluntários, e teve apoio da Unimed e da Ambev. O novo layout das arquibancadas foi definido pelo clube na quarta-feira, 30/06, após votação popular.

“O Barão da Serra Negra e o XV são patrimônios de Piracicaba. Como a gente fala, temos duas coisas que são muito objetivas na cidade: o XV e o rio Piracicaba. Esses dois pontos são as marcas referências. Quando pudermos ter público (nos jogos), queremos apresentar uma casa melhor para atender as pessoas que vem para cá. Então, estamos dando essa repaginada, melhorando as condições, o visual e tem muita coisa acontecendo para que a gente possa melhorar o Barão”, afirmou o presidente do XV, Rodolfo Geraldi.

Lançado em maio, o projeto Já que tá que Pinte tem o propósito de repaginar o estádio municipal, que foi inaugurado em 1965 e hoje tem capacidade para receber aproximadamente 18 mil pessoas. De acordo com Wagner Coelho, gerente nacional de vendas da Coral, a empresa doou mais de 20 mil litros de tinta para a iniciativa.

Além da pintura interna e da fachada, o Barão da Serra Negra deve ter revitalizados o sistema de iluminação, o alojamento e os vestiários. Em 2018, Prefeitura de Piracicaba e XV assinaram contrato de concessão de uso conjunto por 10 anos. “Nós cedemos o espaço, a empresa privada cede o material e as instituições entram com a mão de obra. Temos que trabalhar com criatividade, precisamos unir esforços. O resultado será muito bonito”, enalteceu o prefeito Luciano Almeida.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta