Policia Federal prende mais duas pessoas em flagrante devido armazenamento de material pornográfico infantil nas cidades de Americana e Piracicaba

Policia Federal prende mais duas pessoas em flagrante devido armazenamento de material pornográfico infantil nas cidades de Americana e Piracicaba

A Polícia Federal seguiu nesta semana cumprindo mais 02 (dois) Mandados de Busca e Apreensão no combate à pedofilia, os quais foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Americana.

As investigações tiveram início por iniciativa da própria instituição, onde equipe especializada acompanha potenciais moradores da circunscrição da Delegacia de Piracicaba que estejam baixando e compartilhando arquivos contendo material pedopornográfico.

Foi então identificado que, no período de julho de 2020 a fevereiro de 2021, um suspeito baixou e compartilhou arquivos do gênero a partir de terminal localizado em Americana.

Com todas as cautelas devidas em razão da pandemia, foram cumpridos Mandados em Santa Bárbara d´Oeste e em Americana, com acompanhamento do Conselho Tutelar, em razão do suspeito possuir filhos menores.

Diante do armazenamento dos arquivos, o investigado, de 38 anos, foi preso em flagrante.

Outra ação aconteceu nesta quarta-feira, dia 12, quando a Polícia Federal de Piracicaba cumpriu mais um Mandado de Busca e Apreensão em face de suspeito de posse de fotografias e vídeos envolvendo abuso sexual de crianças e adolescentes, residente em Piracicaba.

O Mandado foi expedido pela 3ª Vara Federal de Piracicaba e cumprido com todas cautelas devidas, apesar da pandemia causada pelo COVID-19.

Em razão do armazenamento dos arquivos, o investigado L.F.M., de 51 anos, foi preso em flagrante. Foram apreendidos 07 HDs contendo mais de 1500 arquivos de imagens e vídeos pornográficos de crianças e adolescentes. Em ambos os casos os acusados responderão pelo crime previsto nos artigos 241-B da Lei 8069/90 e, se condenados, poderão cumprir pena que varia de 01 a 04 anos de reclusão.

A PF de Piracicaba tem atuado em diversas ações como essas, combatendo o crime e dependendo a sociedade.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta