Piracicaba terá um orçamento de R$ 2,07 bilhões em 2022



A Prefeitura de Piracicaba protocolou na quinta-feira, 30/09, na Câmara Municipal de Piracicaba, o Orçamento Geral do Município para o ano de 2022, que é de R$ 2.079.664.000,00, um aumento de 11% em relação ao orçamento estimado de 2021, que pode ser atribuído, em parte, ao cenário de forte inflação da economia brasileira.

Compõe o orçamento, a Prefeitura, representando 73,27% do total; as autarquias, empresas e fundações municipais, que representam 24,64%, e a Câmara de Vereadores, com 2,09% de representação.

As despesas do orçamento englobam recursos para pagamento de servidores, compra de material de consumo e de equipamentos, construção e manutenção de imóveis e vias públicas, pagamento de contratos de empréstimos, parcelamentos, investimentos, entre outros. As despesas com pessoal e custeio consomem a maior parte dos recursos e esses gastos representam, respectivamente, 45,34% e 48,03% do total do previsto para o ano que vem. Vale lembrar que os dados relativos aos gastos com pessoal estão diretamente relacionados à quantidade de funcionários que trabalham em setores que atendem serviços e demandas da população. Já as despesas com custeio se referem à manutenção dos serviços públicos em funcionamento, bem como as obras de conservação, adaptação e manutenção do patrimônio público.
No Orçamento 2022, os Investimentos representarão 3,52% das despesas totais previstas. É nesse grupo que são atendidas grande parte das novas demandas apresentadas pela população, como escolas, creches, postos de saúde, asfaltamento de ruas e avenidas, recapeamento, intervenções viárias, construções de pontes, praças, áreas de lazer, reformas e ampliações etc.
A despesa da Prefeitura está distribuída entre as Secretarias Municipais, Procuradoria Geral e Guarda Civil. Pela importância que têm, as áreas de Saúde e Educação representam 58,43% (incluindo o Fundo Municipal de Saúde, com 9,52%) do total das despesas da Prefeitura.
A Receita Total da Prefeitura Municipal para 2022 é de R$ 1.704.043.000,00, com um crescimento nominal de 11,53% em relação à receita total prevista na LOA 2021.
As cinco principais receitas tributárias e de transferências (ICMS, ISSQN, IPVA, IPTU e FPM) representam o montante de R$ 1.154.185.000,00, que correspondem a 67,73% de toda receita da Prefeitura Municipal.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta