Piracicaba é a região com mais escolas em tempo integral do Estado

Piracicaba é a região com mais escolas em tempo integral do Estado

O Vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, confirmou, em reunião com o Deputado Estadual Roberto Morais (Cidadania) esta semana, que Piracicaba se tornou a região do Estado com maior número de escolas com Período Integral. Com a expansão do Programa de Ensino Integral (PEI) para mais 778 escolas do estado em 2022, Piracicaba e as cidades da região receberam emancipações em escolas estaduais que passam a oferecer ensino em período integral. Das 23 escolas que solicitaram a inclusão do Programa, por meio de requerimento do Deputado Morais, 20 já tiveram a aprovação imediata do Governo (Professora Jaçanã Altair Pereira Guerrini, Moraes Barros, Professor Elias de Mello Ayres, Marcia Regina Modesto de Paula da Rocha, Atilio Vidal Lafrata, Catharina Casale Padovani, Barão do Rio Branco, João Conceição, Alfredo Cardoso, Affonso José Fioravante, Mirandolina de Almeida Canto, Maria de Lourdes Consentino, Augusto Melega, Avelina Palma Losso, Edson Rontani e Francisca Elisa de Piracicaba, Frei Fernando Maria Fachini de Santa Maria da Serra, José Abílio de Paula de São Pedro, Benedito Dutra de Charqueada e Manoel Dias de Almeida de Saltinho). Destas, apenas uma (Francisca Elisa) ainda precisa confirmar documentação e as outras três solicitantes (Carolina Mendes Thame, Paulo Luis Valério de Piracicaba e Pedro Moraes Cavalcanti, todas de Piracicaba) devem ser atendidas após adequações técnicas como número de salas e outras exigências. “O Secretário garantiu que a cidade já está perto de conquistar 100% de ensino estadual integral. Ele se comprometeu a levantar os custos necessários para adequação das escolas que restaram. É uma conquista ímpar para a educação. Parabenizo também o Diretor Regional de Ensino, Professor Fabio Negreiros pela união dos esforços”, destaca Morais. “Piracicaba e região passam a oferecer aos jovens a oportunidade de melhor educação, melhor integração, melhor campo de proteção, alimentação e formação”, finaliza Morais. A estimativa do Palácio dos Bandeirantes é que 437 mil estudantes sejam atendidos pelo programa em 2022.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta