Secretaria da Educação retoma as aulas presenciais na rede municipal de Ipeúna

Secretaria da Educação retoma as aulas presenciais na rede municipal de Ipeúna

Os alunos que frequenta a rede municipal de ensino de Ipeúna retornaram as aulas presenciais na segunda-feira (23/08). De acordo com a secretária de Educação Iara Lopes dos Santos, retomar as atividades presenciais é importante para todos.

“Esse retorno está sendo organizado e executado com a máxima segurança e cautela possível”, explica.

Para garantir a segurança de alunos, familiares e profissionais da Educação, a Prefeitura de Ipeúna elaborou um manual com os protocolos sanitários para o retorno das aulas presenciais. “Estamos adotando uma série de protocolos sanitários nas quatro unidades de ensino municipal”. As medidas têm como objetivo reduzir os riscos de contágio pelo novo coronavírus.

A secretária de Educação explica ainda que antes da retomada das aulas, os pais já foram consultados e compareceram às escolas para receber orientações. Cerca de 50% dos alunos voltaram às aulas presenciais.

“Cada turma foi dividida em dois grupos, que vão se revezar entre ensino presencial e remoto, cada semana uma turma virá para a escola. As aulas presenciais acontecem de segundas às quintas-feiras”, explica.

As atividades impressas continuarão sendo entregues nas escolas aos alunos que não estiverem frequentando as aulas presenciais. “Às sextas-feiras, os professores farão o atendimento aos pais e alunos que continuarão na modalidade de ensino remoto”.

Confira abaixo quais são os protocolos adotados nas unidades escolares:

Entre as medidas incluídas no protocolo estão o uso obrigatório de máscaras durante todo o tempo de permanência nas escolas, além da oferta de álcool em gel e do distanciamento de 1 metro entre as carteiras dos alunos. Todos os profissionais das unidades escolares usarão máscaras e, os professores e funcionários, também farão uso de protetores faciais

Ao chegar às escolas, os alunos tem a temperatura medida por termômetro eletrônico. As crianças que apresentarem sintomas gripais e/ou febre não devem ser enviadas para a escola, devendo o responsável notificar a unidade de ensino para que sejam adotadas as medidas necessárias.

Dentro das escolas, cartazes com os cuidados de proteção foram afixados em locais visíveis, e as janelas de todas as salas permanecem abertas para circulação de ar, além do funcionamento dos climatizadores para a renovação de ar.

A lista de ações e medidas para minimizar os riscos da covid-19 inclui ainda o treinamento de todos os funcionários (professores, monitores, motoristas, cozinha e limpeza geral), realizado no mês de julho, sobre os procedimentos adotados e orientações de segurança para as atividades presenciais. Também foram adotados horários escalonados para revezamento – entrada, intervalo e saída dos alunos.

Todas as escolas tiveram a readequação dos espaços e sinalização das mesas e cadeiras que poderão ser usadas nas salas de aula e no refeitório; sinalização e demarcação do piso com fluxo de circulação adequado para evitar aglomerações, onde houve possibilidade de formação de filas. Também foram disponibilizados bebedouros com torneira para abastecer as garrafas e squeezes, sem a possibilidade de contato com a boca.

As medidas preventivas de uso de máscaras obrigatório, distanciamento social, oferta de álcool em gel para higienização das mãos após tocar corrimãos e superfícies e a manutenção das janelas abertas durante todo o trajeto também acontece dentro do transporte escolar.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta