Comissão da Sociedade Beneficente Treze de Maio se reúne com secretário da Ação Cultural

Comissão da Sociedade Beneficente Treze de Maio se reúne com secretário da Ação Cultural

Adolpho Queiroz recebeu representantes do clube; recuperação do prédio, tombado pelo Codepac, foi um dos assuntos em pauta

O secretário da Ação Cultural (Semac), Adolpho Queiroz, recebeu comissão que representa a Sociedade Beneficente Treze de Maio, composta pelo advogado José Silvestre da Silva, por José Luis Teodoro, Marli Pimenta e Fátima Aparecida Eugênia. Entre os assuntos discutidos estão a formação de uma nova diretoria do clube, que terá como desafios a retomada da preservação da memória negra piracicabana (com fotos, jornais, livros, documentos), a criação de atividades no âmbito da integração social na educação e cultura e a recuperação do prédio da sede, que é tombado pelo Codepac, como patrimônio histórico e cultural de Piracicaba.

“Esta reunião foi muito importante, pois nos trouxe uma discussão de grande relevância para a história do município, que é preservação da cultura negra, e, nós, da Ação Cultural, faremos de tudo para que os órgãos que estão em nosso escopo auxiliem no inventário de danos do prédio e na construção desse novo projeto”, disse Adolpho Queiroz.

A Sociedade Beneficente Treze de Maio é um clube social, destinado à cultura negra, que foi fundado em 1901. Inicialmente denominada como Sociedade Beneficente Antonio Bento, foi renomeada em 1948.

É importante ressaltar que, historicamente, entre o final do século 19 e início do século 20, houve um movimento clubista destinado a criar clubes para sócios negros com o objetivo de tornarem locais de lazer exclusivos. Além das atividades sociais, o Clube 13 de Maio proporcionava apoio funerário, de saúde, entre outras atividades.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta