Programa Futuro Cientista deverá ser implantado na Rede Municipal de Ensino de Charqueada

Charqueada avança para oferecer ensino de qualidade nas escolas municipais. Além de todo trabalho que já é desenvolvido por profissionais capacitados, o Programa Futuro Cientista deve ser mais uma ferramenta a ser implantada na rede municipal de ensino.

As conversas para a implementação do sistema tiveram início esta semana. O secretário de Governo, Ewerton Clemente, e a secretária de Educação, Rafaela Buzzo, receberam na quarta-feira (9/06), o coordenador do programa, professor Fábio de Lima Leite.

“Investir em educação é pensar a longo prazo. É formar cidadãos com senso crítico e inteligência, capazes de assumir papéis importantes dentro de uma sociedade. A base de tudo é a educação. Trazer o programa Futuro Cientista para Charqueada é agregar com qualidade e excelência ao ensino público”, disse Clemente.

O PFC propicia a alocação de valores indispensáveis para a formação de um profissional criativo, líder e disposto para sua própria capacitação, além dos compromissos éticos e de responsabilidade social e ambiental.

A proposta é acolher esse estudante e dar condições para que ele se torne um cientista, investindo na formação básica e preparando-o para superar dificuldades e alcançar objetivos. Para isso, os profissionais que participaram do programa “adotam” o aluno ainda no ensino fundamental e o acompanha durante toda sua trajetória acadêmica.

O Futuro Cientista proporciona um verdadeiro ‘plano de vida’ ao aluno, investindo em seus estudos e desenvolvendo as competências para torná-lo um profissional de destaque. Cidades como Anhembi, Césario Lange, Iperó, Salto de Pirapora e Sorocaba já fazem parte do Futuro Cientista.

Currículo:

O professor Fábio de Lima Leite, que trouxe a ideia para Charqueada, tem um vasto currículo acadêmico. É graduado em Física (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000) e possui mestrado (2002) e doutorado (2006) em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade de São Paulo (2006).

De 2006 a 2008, realizou um pós-doutorado no Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP), em colaboração com a Embrapa Instrumentação Agropecuária. Trabalhou em parceria com o Prof. Dr. Alan Graham MacDiarmid, laureado com o Prêmio Nobel de Química de 2000a, com o qual publicou 1 artigo no Journal of Nanoscience and Nanotechnology, em 2009.

Foi Bolsista de pós-doutorado no Instituto de Física de São Carlos (USP) entre 2006 e 2008 e Jovem Pesquisador da FAPESP (2009-2012) Atualmente é bolsista de produtividade em Pesquisa nível 2, do CNPq, Professor Adjunto 3 na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) – Campus Sorocaba e coordenador do Grupo de Pesquisa em Nanoneurobiofísica (GNN) (www.nanoneurobiophysics.net). Possui mais de 40 artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais, um livro e duas marcas registradas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e 10 publicações em livros.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta