Bebel buscará recursos para construção de novo prédio para casa do morador de rua

Bebel buscará recursos para construção de novo prédio para casa do morador de rua

Em visita ao Centro POP (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua) na manhã desta última quinta-feira, 10 de junho, a deputada estadual Professora Bebel (PT) declarou que estará se empenhando para buscar recursos visando a construção de um novo prédio para o órgão. Na visita, ao atual Centro POP, a convite a convite do seu coordenador, Adriano Guerreiro, a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Euclidia Fioravante, mostrou todas as dependências do prédio alugado, localizado na Rua Voluntários de Piracicaba, 815, no centro da cidade, mas que é antigo e não atende as necessidades dos seus frequentadores, que ali tomam banho, lavam suas roupas e fazem as refeições, enfim, passam o dia.  

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads), como foi explicado, já tem um projeto de construção de um prédio próprio para esse serviço, em terreno ao lado da sede da Guarda Civil Municipal, com custo da obra em cerca de R$ 1 milhão, e que inclusive contribuiria para retirá-los da região central da cidade, onde encontram maiores facilidades para acesso tanto às bebidas como outras drogas ilícitas.

Defendendo um espaço digno para essa população, que hoje soma cerca de 80 no município, mas que a Smads pretende realizar um censo visando ter um levantamento preciso, Bebel se prontificou a trabalhar para viabilizar recursos, através de emendas parlamentares, inclusive com deputados federais do seu partido para ajudar na construção do novo prédio. “Vamos trabalhar sim, tanto através de emenda do meu mandato popular, assim como de deputados federais com quem mantenho uma boa relação”, completou.

O Centro Pop é um serviço destinado às pessoas que utilizam as ruas como espaço de moradia e ou sobrevivência, tendo a finalidade de assegurar serviço especializado,  com atividades direcionadas para o desenvolvimento de sociabilidades, resgate, fortalecimento ou construção de vínculos interpessoais e familiares, construção de outros projetos e trajetórias de vida, que viabilizem o processo gradativo de saída da situação de rua.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta