João Victor pleiteia mais recursos para casos de média e alta complexidade em Águas de São Pedro

O secretário de Saúde de Águas de São Pedro, João Victor Barboza, pleiteou mais recursos para a realização de procedimentos de alta e média complexidade na estância.

Foto: Divulgação

João Victor Barboza participou da inauguração das novas instalações do Centro de Oncologia (CEON) do Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (HFC), ocorrida nesta segunda-feira, dia (08/04) que também contou com a presença do deputado federal Eduardo Bolsonaro.

“Entregamos em mãos ao Eduardo Bolsonaro um ofício que trata do aumento do teto MAC para procedimentos de alta e média complexidade. Nossos gastos, infelizmente, estão muito acima do que dispomos na área da saúde. É preciso elevar o valor repassado que muito nos ajuda nas urgências e emergências”, disse o secretário João Victor.
O documento entregue ao parlamentar detalha a necessidade de o munícipio reter maior atenção: hoje Águas recebe R$ 5,3 mil por mês para estes procedimentos, a passo que a secretaria espera receber R$ 20,6 mil com o novo teto uma vez que ele seja aprovado.

Águas de São Pedro já havia manifestado interesse em contar com um maior aporte financeiro e contratou projeto de aumento de teto junto à Direção Regional de Saúde (DRS-10) de Piracicaba. A estância foi informada de que a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) aprovou o aumento do teto MAC, em São Paulo. Agora só falta o aval da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), em Brasília.

O dinheiro que vem para o município pode ser usado, por exemplo, para pagamento de procedimentos ambulatoriais, medicamentos e insumos excepcionais, órteses e próteses, pagamento de médicos especialistas, passagens para tratamento fora do município, exames, ultrassonografias e fisioterapia.

“Esperamos que Comissão Intergestores Tripartite (CIT), em Brasília, também aprove o aumento no teto do MAC para procedimentos de alta e média complexidade, assim teremos melhores condições de atender a nossa população”, explicou João Victor.

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta