Sedã elétrico BYD Han EV começa a desembarcar no Brasil

Marca chinesa anuncia a chegada do modelo com até 605 km de autonomia a diversos países da América Latina

O primeiro lote do carro elétrico BYD Han chegou recentemente ao Brasil, México, Colômbia, Uruguai, República Dominicana, Costa Rica e Bahamas. O início do desembarque do sedã na América Latina ocorre poucas semanas após a marca chinesa confirmar a venda de veículos elétricos e híbridos no país.

Este movimento representa o primeiro passo para as vendas de veículos eletrificados de passageiros no país, que a empresa recentemente confirmou que teria início em 2022, sem, no entanto, especificar um cronograma de modelos e datas de lançamento.

Foto: Divulgação

Até o momento, a BYD já registrou o BYD Song, um SUV híbrido que, inclusive, já foi flagrado nas ruas de São Paulo (SP). Agora, com o anúncio do início do desembarque do sedã elétrico BYD Han, a gigante chinesa mostra que realmente está disposta a ocupar seu espaço no segmento de carros de passeio eletrificados.

O BYD Han mede 4.980 mm de comprimento, 1.910 mm de largura, 1.495 mm de altura e 2.920 mm de distância entre eixos. Além disso, o sedã elétrico é o primeiro modelo da marca chinesa equipado com as novas baterias Blade Battery – células de lítio-ferro-fosfato (LFP), mais finas e com células de energia de 800 amperes.

Foto: Divulgação

Em termos de trem de força, o Han EV possui duas opções de motorização: a primeira equipada com um motor elétrico de 163 kW (222 cv) e 33,6 kgfm, que permite acelerar de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos e uma variante com motor duplo que entrega 363 kW (494 cv) e 69,3 kgfm, com um 0 a 100 km/h em 3,9 segundos – a velocidade máxima é de 190 km/h nos dois casos.

A bateria de 77 kWh garante autonomia de 550 km pelo ciclo NEDC para o modelo de tração integral e 605 km para a variante com um único motor elétrico. O sedã se destaca ainda pelo novo sistema de condução DiPilot com inteligência artificial para aprendizagem e tecnologia 5G.

Com o início da ofensiva de carros elétricos e híbridos da marca chinesa, novos anúncios devem acontecer nas próximas semanas, com mais detalhes sobre a chegada de modelos e datas de lançamentos no país. A BYD chegou ao Brasil em 2014 e atualmente possui três fábricas no país, onde produz ônibus elétricos, painéis solares e baterias para veículos elétricos pesados.

Fonte: motor1.uol.com.br

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta