Mais de 200 usuários são atendidos nos projetos sociais do CRAS Ipeúna

A Prefeitura de Ipeúna, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS Ipeúna, encerrou nesta semana as atividades de grupo dos Projetos Sociais realizados junto aos usuários dos serviços de proteção social básica oferecidos pelo órgão. Ao longo deste ano, cerca de 200 pessoas foram envolvidas nas atividades planejadas para os projetos: Melhor Idade, Transformando o Futuro, Diálogos – Oficina de Pintura e Cores da Vida.

Além dos projetos sociais citados, também foram desenvolvidas, ao longo de 2018, atividades como curso de designer de sobrancelhas, maquiagem, depilação, pinturas especiais e restauração de móveis como forma de capacitar os usuários da Assistência Social local para novas formas de geração de renda.

Para marcar o encerramento dos atendimentos em 2018, o CRAS Ipeúna reuniu os usuários de cada projeto em momentos diferentes, com o objetivo de fortalecer os vínculos sociais. Na terça-feira (18), o CRAS reuniu os participantes do projeto Melhor Idade no Hotel Pousada Country. O Projeto que proporciona atividades físicas, passeios e tardes de convivência atendeu, em média, 90 idosos neste ano.

Durante o evento, os participantes relembraram várias das atividades desenvolvidas e falaram um pouco sobre a iniciativa do CRAS – Ipeúna. “O projeto me proporcionou amizades, convivência, saúde, eu adoro, acho ótimo”, afirmou Maria Pedroso Cardoso. Para Maria Sônia da Silva Soares, o projeto teve importância na melhoria da sua qualidade de vida. “Melhorou muito minha saúde, além de ser bom para a cabeça”, afirmou.

No dia 04, os participantes do Diálogos – Oficina de Pintura e do Cores da Vida , que juntos atenderam 32 pessoas ao longo do ano, se confraternizaram no Restaurante Kintal. Para a usuária Hélia Ramos, participar da Oficina de Pintura trouxe inúmeros benefícios para sua vida. “O projeto tem me ajudado em vários aspectos e, principalmente na minha autoestima, com a valorização das minhas pinturas”. Já Antônio Carlos Francisco salienta que o Cores da Vida melhorou seus conhecimentos, proporcionou novas amizades e o auxiliou a aprender a se comunicar.

Para dar visibilidade às habilidades artísticas dos frequentadores dos referidos projetos, o CRAS organizou em 12 de dezembro uma exposição de telas na tenda colocada na Praça Vicente Barbosa. Cerca de 50 telas ficaram expostas durante todo o dia e foram apreciadas pelos alunos das escolas municipais e pela população.

Já os adolescentes do projeto Transformando o Futuro encerraram os encontros semanais de 2018, com uma confraternização no Thermas Water Park,de São Pedro, em 06 de dezembro. “O projeto foi uma grande melhoria em minha vida, pois as informações que recebi  no CRAS apliquei no meu dia-a-dia e fiz novas amizades”, avaliou Leonardo Bueno. Manassés Andrade afirmou que participar do projeto o despertou para pensar em temas, como: violência e racismo, situações tão evidentes no cotidiano. Já Ana Carolina Oliveira afirma que o Transformando o Futuro melhorou sua sociabilidade. “Eu tinha muita dificuldade pra conversar e interagir confesso que por meio do Projeto perdi grande parte da timidez que tinha”.

Para a assistente social Giseli Gonzales Spigolon o CRAS finaliza as atividades do ano com seus usuários com o sentimento de dever cumprido. “Nossa equipe trabalhou com muito empenho  ao longo deste ano e, embora saibamos que ainda há muito por fazer, encerramos 2018 com alegria e com a certeza de que conseguimos atingir objetivos importantes para o desenvolvimento familiar e comunitário do público atendido. Desejo boas festas neste final de ano, e que em 2019 possamos dar continuidade às atividades de desenvolvimento social e de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários dessas famílias.”

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é uma unidade pública ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social. Equipes do CRAS agem sobre grupos de vulnerabilidade social, oferece programas, projetos e serviços voltados, principalmente, para a orientação e o convívio familiar e em comunidade. O público prioritário são as famílias beneficiárias dos programas de transferência de renda e benefícios (Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada, Viva Leite, Cestas Básicas, Ação Jovem, entre outros), bem como, famílias e indivíduos em vulnerabilidade social residentes no município.

Read Previous

Prefeitura realizada distribuição de bolas às crianças do Município

Read Next

Prefeito recebe visita do amigo Guilherme Campos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.