julho 1, 2022

Piracicabana é bronze na Copa do Mundo de Ginástica Rítmica

Foto: Divulgação

Nicole Pircio contribui para façanha histórica da seleção brasileira em evento realizado na Itália

Com a presença da ginasta piracicabana Nicole Pircio, revelada no Programa Desporto de Base (PDB) da Prefeitura de Piracicaba, a seleção brasileira fez história no último domingo, 05/06, na Itália, ao conquistar a medalha de bronze na etapa de Pesaro da Copa do Mundo de Ginástica Rítmica. O conjunto comandado pela treinadora Camila Ferezin atingiu na série mista a nota 28.650, ficando atrás apenas de duas seleções medalhistas olímpicas em Tóquio: Itália (32.450) e Bulgária (29.850), e à frente de potências como China, Japão e Ucrânia. Essa foi a segunda medalha brasileira em etapas da Copa do Mundo – a primeira veio em 2013, em Minsk, a capital de Belarus.

A conquista, segundo Camila, indica que o Brasil está no “caminho certo para fazer boas apresentações no Campeonato Pan-Americano do Rio de Janeiro”, que será disputado em julho. “A coreografia apresentada é muito especial para mim. Foi montada com uma música que escolhi para homenagear o meu pai, que faleceu no ano passado”, disse a treinadora ao site oficial da Confederação Brasileira de Ginástica (CBF), em alusão à Smile, música composta por Charles Chaplin em 1936 para ser o tema musical de Tempos Modernos. Em 1954, a melodia ganharia uma letra, de John Turner e Geoffrey Parsons. 

A treinadora também sintetizou a importância da conquista, mas destacou que o bronze não foi encarado como surpresa. “Essa medalha veio coroar o nosso trabalho, mostrando que o Brasil está entre os melhores do mundo. A importância da medalha é muito maior quando se leva em conta a força dos adversários […] Quando o novo código de notas foi publicado, vimos que a parte artística passou a ser muito valorizada, e percebemos que nossas chances cresceram. Agora, há uma nota específica para a parte artística, e esse é um elemento do nosso trabalho que sempre arrancou muitos elogios, porque nossas coreografias costumam ser muito bonitas, criativas e artísticas. Só não esperávamos que esse resultado viria tão cedo”.

Além da piracicabana Nicole Pircio, o time brasileiro foi formado na etapa italiana da Copa do Mundo pelas ginastas Bárbara Galvão, Beatriz Linhares, Deborah Medrado, Giovanna Oliveira Silva e Maria Eduarda Arakaki. Nicole, que deu os primeiros passos no esporte aos 10 anos, no Colégio Tales de Mileto, e logo ingressou no PDB, que é oferecido pela Prefeitura de Piracicaba desde 1989, teve como professoras Helena Macchi e Mariana Winterstein, com quem aprendeu os fundamentos básicos da modalidade. Estreante em Olimpíadas nos Jogos de Tóquio, Nicole, que vive e treina atualmente em Aracaju (SE), ajudou a seleção brasileira de ginástica rítmica a fechar a participação na 12ª colocação.

Read Previous

1ª etapa de obra no muro de arrimo do Ginásio Waldemar Blatkauskas está quase finalizada

Read Next

Comdef abre inscrições para novos membros da sociedade civil

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.