No dia que celebra 50 anos de tricampeonato, XV inicia nova briga por acesso

No dia que celebra 50 anos
No dia que celebra 50 anos – Foto: Divulgação

Exatamente 50 anos após a conquista do tricampeonato paulista da Série A2, o XV de Piracicaba entra em campo iniciando a briga por mais um acesso. O primeiro adversário nessa caminhada será o Rio Claro, às 20h00 desta quarta-feira, 17, no Barão da Serra Negra. Apesar da data mencionada, a competição era referente ao ano anterior e aquele elenco ainda obteve grande feito: levou para casa a Taça dos Invictos.

O troféu está presente na galeria do estádio municipal e serve de inspiração para o atual elenco, que conta com atletas que já sentiram o gosto deste mesmo título. Entre eles, o maior vencedor é o lateral-esquerdo Pedrinho, que ganhou pelo Capivariano, sob o comando de Evaristo Piza, em 2014, e pelo Santo André, em 2016. Com a própria camisa zebrada, o meio-campista André Cunha foi campeão em 2011 e luta pelo bicampeonato.

“São jogadores experientes, que foram contratados porque têm condições de defenderem o clube. Dentro de uma análise entre membros da diretoria, departamento de futebol e comissão técnica, detectamos que essa era a melhor opção. Contamos com atletas vitoriosos, que possuem acessos ao longo de suas carreiras e, além disso, obtiveram marcas pessoais importantes”, descreveu Piza sobre o plantel formado para este Paulistão A2.

A ideia foi formar um encaixe entre os recém-chegados e os remanescentes de 2017. “Mesclamos com o grupo que permaneceu da Copa Paulista, agregando valores e, assim, acreditamos que teremos uma equipe bastante competitiva para representar bem a grandeza do XV de Piracicaba”, completou o treinador, lembrando das 11 contratações feitas pelo Nhô Quim, que manteve praticamente metade do elenco do ano passado.

A meta é o retorno à elite estadual, mas Piza sabe das dificuldades que terá pela frente, tanto que evita, neste momento, apontar os favoritos a obterem as duas almejadas vagas para o Paulistão de 2019. “É difícil falar antes de a bola começar a rolar. Você pode até apontar os times que mais investiram, que possuem mais tradição, porém isso não é garantia de que as coisas darão certo. Vamos ter uma ideia melhor na terceira ou quarta rodada”, analisou.

Portão 5 fechado

Por solicitação da Polícia Militar, o portão 5, localizado na Avenida Independência, que dá acesso ao Setor Branco, ficará fechado. Os torcedores que forem adentrar a este setor devem utilizar o portão 6, também localizado na Avenida Independência

Read Previous

Centenas de pessoas prestigiaram a corrida de São Silvestre em Ipeúna

Read Next

Deputado Roberto Morais levará emendas impositivas da área da Saúde

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.