EEP debate os desafios da LGPD para empresas e profissionais

EEP debate os desafios da LGPD para empresas e profissionais

Mais de 680 ações de indenizações já foram movidas pelos titulares contra empresas e órgãos públicos 

Em comemoração ao Dia do Administrador, o curso de Administração da EEP- Escola de Engenharia de Piracicaba promove live a partir das 19h30 da hoje quarta-feira, 8, para abordar “Os desafios da LGPD para empresas e profissionais”, com transmissão pelo canal Youtube da EEP/FUMEP. 

O tema será apresentado pelo administrador e analista de sistema Flávio Ibelli Callegari, profissional em Data Protection Officer (DPO) e fundador da Modus DPO, empresa especializada em adequação à LGPD. Ele é professor da EEP, autor de projetos de adequação em mais de 40 empresas e expert na difusão de metodologias de gestão, gerenciamento e certificações em grandes corporações e multinacionais. 

“A despeito do que muitos achavam, a LGPD veio para ficar e, desde 2020, já são mais de 680 ações de indenizações, movidas pelos titulares contra empresas e órgãos públicos”, evidenciou Callegari.  

Segundo ele, adequar uma empresa à LGPD é um trabalho sustentado pelos pilares Jurídico, de Segurança da Informação e o de Operações, sendo este último a nova conduta representada por processos administrativos aderentes aos princípios da lei, segundo a qual cada pessoa é dona dos seus dados pessoais. 

“A LGPD traz em si a necessidade de adequar os tipos de dados a serem tratados, o que reduz o volume, os controles internos e otimiza os processos administrativos”, considerou, revelando ainda que, ao tratar do tema segurança da informação no contexto da LGPD, reduzem-se as ações de “hackers” e o sequestro de dados “ransomwares”.  

Para o coordenador acadêmico do curso, Prof. Alberto Martins Júnior, o tema é de extrema relevância pois a implantação da Lei Geral de Proteção de Dados vai provocar mudanças na forma como as organizações lidam com os dados pessoais dos cidadãos brasileiros.  

Segundo o coordenador, algumas das áreas que mais vêm sofrendo impacto são as de Recursos Humanos e Departamento Pessoal, em decorrência do tipo e do volume de dados pessoais tratados nos processos administrativos de candidatos e funcionários. 

Ele explica que, como a LGPD é algo novo e ainda carece de amplos e profundos entendimentos, a EEP entende ser de fundamental importância expor a lei e seus desdobramentos com alunos e convidados “Além dos desafios, a implantação da LGPD cria inúmeras oportunidades de trabalho para os administradores”, considerou. 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta