agosto 19, 2022

Iniciativa idealizada pelo Afropira, de Piracicaba, une projetos afro de diferentes municípios paulistas

Foto divulgação-Afropira

Grupos participantes levarão ações e capacitações para suas cidades;
encerramento será em novembro na Feira Preta, em São Paulo

Idealizado pelo Instituto Afropira de Piracicaba, em parceria com a Feira Cultural Afro Mix de Campinas e iniciativas de outros municípios do estado de São Paulo, o projeto “Potência Afro – A União dos Eventos Afros do Interior Paulista”, em seu segundo ano de atuação, une forças com a Feira Preta (maior evento afro da América Latina), para realizar ações em cinco municípios.
Intitulada “Afrolab Potência Afro”, a ação começa nos dias 1, 2 e 3 de julho, em Santos, em parceria com o Afrotu. As outras datas são: de 29 a 31 de julho, em Campinas (com a Feira Afro Mix – Campinas); de 5 a 7 de agosto em Rio Claro (com o Coletivo Feira das Pretas); entre 16 e 18 de setembro em Piracicaba (com o Afropira); e entre 23 e 25 de setembro em Americana (com o AmeriAfro).

Representantes dos grupos participantes – Divulgação-Afropira

A iniciativa surgiu durante o 8º Festival Afropira, em Piracicaba. Ao longo de 2021, ano que marcou o início dos trabalhos, os grupos dos diferentes municípios participantes iniciaram o mapeamento do afroempreendeorismo cultural do interior paulista – que segue sendo realizado – e atuaram na viabilização de capacitações, na escrita de projetos e na promoção do intercâmbio entre os eventos, de forma a fortalece-los.
Além disso, nos dias 27, 28 e 29 de maio, representantes dos eventos AfroPira, Afro Mix, Feira das Pretas, AmeriAfro e Afrotu participaram de capacitações. Agora, em 2022, cada representante reproduzirá esta capacitação em suas cidades com os afroempreendores que participam de cada feira e festival. Cada cidade contemplará 20 empreendedores.
Fortalecimento e Feira Preta
O “Afrolab Potência Afro”, criará um catálogo de festivais e fortalecerá os eventos de cada cidade ao longo do segundo semestre de 2022, de forma a viabilizar uma agenda entre os grupos que integram esta atividade. As cidades de Capivari e Tietê participarão das capacitações que ocorrerão em Piracicaba.
O encerramento acontecerá nos dias 19 e 20 de novembro na Feira Preta, em São Paulo, onde haverá um espaço para divulgar o Potência Afro e os eventos que o fortalecem.
“O Afropira surgiu em 2013 e, quando tivemos esse anseio de unir artistas de diferentes localidades, muitos de nós já tínhamos o conhecimento da Feira Preta, que tem 20 anos de existência, e tínhamos essa ideia de fazer algo inspirado nela, que é nossa grande referência”, diz Elaine Teotonio, da ETC Produtora, criadora do Afropira.
“Fizemos contato com a Adriana Barbosa, criadora da Feira Preta, que já foi eleita uma das 51 pessoas negras mais influentes do mundo. Ela acolheu a nossa iniciativa, o que nos deixou muito felizes. A expectativa é de dar continuidade a esse trabalho que já vem trazendo ótimos frutos”, completa Elaine.
“Afrolab Potência Afro” – AGENDA
Dias 01, 02 e 03 de julho – “Afrolab Potência Afro”, com o Afrotu – Santos;
Dias 29, 30 e 31 de julho – “Afrolab Potência Afro”, com a Feira Afro Mix – Campinas;
Dias 05, 06 e 07 de agosto – “Afrolab Potência Afro”, com o Coletivo Feira das Pretas – Rio Claro;
Dias 16, 17 e 18 de setembro – “Afrolab Potência Afro”, com AfroPira – Piracicaba;
Dias 23, 24 e 25 de setembro – “Afrolab Potência Afro”, com AmeriAfro – Americana;
Dias 19 e 20 de novembro – encerramento na Feira Preta, em São Paulo.
SERVIÇO
Mais informações podem ser conferidas no Instagram e no Facebook: @institutoafropira e @potenciaafro.
Rafael Bitencourt
Jornalista – MTB 51.477/SP

Read Previous

Deputada Professora Bebel defende CPI para investigar o Ministério da Educação

Read Next

Lula diz que criará novos ministérios e visitará Piracicaba na campanha