agosto 19, 2022

Artista e educadora social de Piracicaba (SP) lançou videoclipe de rap quinta-feira, 28

Artista e educadora social de Piracicaba (SP) lançou videoclipe de Rap quinta-feira, 28 – foto divulgação

A artista, rapper e educadora social piracicabana Vênus (Gabriela Rodrigues), de Piracicaba (SP), disponibilizou, quinta-feira (28), o videoclipe da música Pensamentos, que faz parte do álbum V.I.D.A. (Vivendo Independente do Ânimo), lançado nas principais plataformas digitais em fevereiro deste ano. O material audiovisual foi disponibilizado às 12h, no canal Vênus, no YouTube, e possui acessibilidade para a comunidade surda, via legendas (bit.ly/vpensamentos).

No conteúdo, dirigido pela própria Vênus, Luana Iris e Sampa Beats (que também assina a produção musical), a artista de 23 anos dialoga sobre a valorização da vida. Ela conta que, no dia da gravação, o educador social Eberton Silva Cetein, que atua orientando a população em situação de rua e é amigo e membro da equipe de Vênus, conversou com algumas pessoas em tal condição, na Praça José Bonifácio (no Centro), que já o conheciam pelo seu trabalho e ficaram interessadas em participar do videoclipe.

A estratégia de lançamento consistiu em dividi-lo em duas partes: uma versão anterior do clipe, com outro “beat” (batida/instrumental da música), foi gravada há oito anos, porém só foi disponibilizada no começo deste mês no YouTube. Segundo a artista, o intuito foi trazer à tona os diferentes momentos da carreira e mostrar sua evolução artística.

“No início, por eu ser muito nova, não entendia exatamente meu papel enquanto mulher preta e periférica, mesmo me reconhecendo como tal. Tanto que, no primeiro videoclipe, apareço tímida e com o cabelo alisado; no que será lançado agora, estou mais interativa e com tranças. O tempo me mostrou a importância de nos valorizar, de potencializar a autoestima da mulher preta e de enaltecer nossas raízes e nossos antepassados”, revela Vênus, que afirma que Antonio Filogenio de Paula Junior e Vanderlei Benedito Bastos, da Casa de Batuqueiro, além de outras pessoas, a tem auxiliado neste processo.

Vênus, que é natural da zona oeste (bairro Jardim Glória) de Piracicaba (SP), iniciou sua trajetória em 2013, ao ser a primeira mulher a participar da Batalha Central, tradicional duelo de rimas improvisadas, que ocorre na praça José Bonifácio nos últimos domingos de cada mês. Ela também atua como educadora social em alguns bairros da cidade e na Fundação  Casa, orientando sobre prevenção na saúde, com oficinas educativas e Hip Hop.

Além da carreira solo, ela integra, com Luana Iris, a dupla Lua e Vênus, que mescla a cultura regional e o Hip Hop. Recentemente, elas se apresentaram no Congresso do Orçamento Participativo de Piracicaba, que contou com a presença de diversos representantes do Poder Público e de lideranças comunitárias. As artistas também dirigem a Produtora Ladys, em sociedade com Isabela Meireles (CNP).

Read Previous

Professora Bebel promove audiência pública para debater diretrizes para o ensino médio

Read Next

“Piracicaba, amo tanto, dês que nasci”