julho 2, 2022

5º encontro do EducaTrilha é realizado no Horto de Tupi

Foto: Divulgação

Ação integrou pesquisa científica às práticas de educação ambiental

A Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi), sediou ontem, 09/06, o 5º encontro formativo do EducaTrilha na Escola, cujo tema foi Temáticas socioambientais e suas possibilidades de abordagem na escola. A atividade faz parte do cronograma das Semanas Integradas do Meio Ambiente de Piracicaba (Simapira).

O evento foi focado em discutir agroecologia, tecnologias sociais e resíduos sólidos, os quais foram selecionados a partir do diagnóstico socioambiental das escolas.

A primeira parte do encontro foi conduzida por Giulia Nunes de Aguiar Souto, estudante de Ciências Biológicas da Esalq/USP, que desenvolve a pesquisa de iniciação científica “Análise do impacto da atuação da Estação Experimental de Tupi junto ao público escolar e o papel da agroecologia e das tecnologias sociais como potencializadoras desses processos educativos”, com orientação da especialista ambiental do IPA, Maria Luísa Bonazzi Palmieri.

Essa pesquisa tem o objetivo de analisar o impacto da atuação da Estação Experimental de Tupi junto ao público escolar e como a agroecologia e as tecnologias sociais podem contribuir para potencializar tais resultados. A partir de um estudo sobre a percepção dos docentes participantes em anos anteriores, foi elaborada uma proposta pedagógica para aprofundar a compreensão.

Dessa forma, foi desenvolvida a “flor de conceitos”, na qual os professores apresentaram suas concepções prévias sobre os temas, tiveram acesso a materiais e dialogaram sobre a relação deles com seus projetos.

Na segunda parte do encontro, a equipe do Núcleo de Educação Ambiental da Sedema realizou uma “gincana do lixo”, na qual os participantes realizaram desafios sobre a destinação correta de cada tipo de resíduo em Piracicaba, o tempo de decomposição dos materiais e ações coletivas que podem ser realizadas quanto à redução, reutilização e reciclagem dos resíduos.

O professor de Biologia da Escola Estadual Luciano Guidotti, Diogo Bittencourt, falou sobre a sua satisfação em participar do encontro. “Achei a experiência muito proveitosa e educativa. A interação com outros profissionais que se importam com a educação ambiental é maravilhosa”.

“Foi um encontro de muitos aprendizados e reflexões pra vida”, complementou a pedagoga e professora da Escola Municipal Professora Ilda Jenny Stolf Nogueira, Lilia Pedroso Barbosa.

O EducaTrilha na Escola é um programa educativo que tem o objetivo de fomentar processos críticos, reflexivos, participativos, contínuos e permanentes de educação ambiental e cultural nas escolas, que incluem visitas ao Horto de Tupi. Além disso, é um concurso de projetos, que os professores desenvolvem nas escolas e, os docentes das escolas vencedoras ganham uma viagem pedagógica a uma área protegida do Estado de São Paulo, escolhida pelos próprios participantes.

As inscrições para as escolas estaduais, municipais e particulares que ainda desejarem participar do programa podem ser feitas até o dia 24/06. Vídeos sobre o programa estão disponíveis no canal EducaTrilha na Escola no Youtube. O regulamento e as informações sobre as inscrições podem ser acessadas em https://hortodetupi.wixsite.com/educatrilhanaescola.

Com o patrocínio da OJI Papéis, o programa é fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba (Sedema), o Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA), a Fundação Florestal (FF) e o Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA/Esalq/USP). Conta, ainda, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (SME), da Secretaria Municipal de Ação Cultural (Semac), da Diretoria de Ensino da Região de Piracicaba, do Grupo de Estudos Desafios da Prática Educativa (GEDePE) e Programa Ponte da Esalq, do Grupo Multidisciplinar de Educação Ambiental (GMEA) e da OSCIP Pira21 – Piracicaba realizando o futuro.

Read Previous

Sete estradas rurais receberam reparos da Prefeitura nesta semana

Read Next

Prefeitura inicia reforma em unidades dos Centros de Referência de Assistência Social

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.