Concessionária Mirante orienta sobre importância da caixa de gordura

O descarte irregular de óleo de cozinha, e de gorduras em geral, na rede coletora é um dos principais causadores de extravasamentos de esgoto. Para mudar essa realidade, infelizmente ainda tão comum, é necessário que a população se conscientize sobre as consequências desse descarte nas tubulações. Outra maneira de evitar problemas dessa natureza, é que os imóveis tenham disponíveis caixas de gordura. Mas o que é e para que serve a caixa de gordura?

Segundo a coordenadora de Serviços e Operações da Mirante, Laís Fonseca Gomes, a caixa de gordura é um equipamento que tem como função coletar e armazenar os resíduos gordurosos que vem das pias de cozinha e das máquinas de lavar louça. Por isso mesmo deve ser instalada na saída da água da pia e da máquina de lavar louça. “A caixa funciona por meio de um sifão, que retém a gordura e impede que ela escoe para tubulação”, explica Laís.

Laís lembra que, quando a gordura entra pela rede coletora de esgoto, seca e se fixa nas paredes internas da tubulação, levando ao acúmulo de diversos tipos de sujeiras e, consequentemente, ao entupimento. “A caixa retém a gordura porque ela não se mistura com a água. A gordura boia na superfície da caixa e a água utilizada na cozinha segue pela tubulação de esgoto”, diz a coordenadora.

Em imóveis residenciais, a caixa de gordura deve ser limpa a cada seis meses.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta