Trabalho social do Cantinho da Vovó Sonia é reconhecido com “Moção de Aplausos” pelo Vereador Pedro Kawai

Os 15 anos de relevantes trabalhos sociais da Casa de Amparo aos Idosos (Cantinho da Vovó Sonia), comemorado neste ano, será reconhecido pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, conforme iniciativa de Pedro Kawai (PSDB), na elaboração de moção de aplausos, contemplando os ideais da instituição, que se pauta em abrigar idosos, sem distinção de raça, credo ou côr, especialmente os mais economicamente carentes, em decorrência do desamparo familiar.

Para conhecer os ideais da instituição e acompanhar um pouco do dia-a-dia destes cidadãos, na manhã desta terça-feira, dia 14, o vereador Pedro Kawai, com o respaldo de equipes técnicas do setor de comunicação da Câmara se deslocou até o bairro Jardim Planalto, rua Urbano Gobeth, 179, sede da entidade, em conversas com a principal idealizadora do projeto, Rosangela Aparecida Bicudo, além de ouvir relatos de internos e funcionários.

Foto: Divulgação

Rosangela Bicudo traçou um histórico que norteou os ideais da entidade, falando de uma época em que atuava como enfermeira e, começou a se sensibilizar com o drama de pessoas idosas, sem o amparo familiar e nem com a contrapartida do poder público, sendo que juntamente com seu filho, Felipe Bicudo decidiram acolher cidadãos em sua própria residência, no bairro Taquaral e, que hoje resultou na ocupação do prédio alugado, no Jardim Planalto, no trabalho de um universo superior a 50 pessoas, acima de 60 anos, com os mais variados históricos familiares.

Rosangela também abordou sobre as dificuldades que a entidade tem para se respaldar perante a lei geral de Assistência Social, quando poderia receber verbas federais, sendo que hoje a instituição se mantem com a arrecadação da venda de pizza, jantares e, outras iniciativas, que reforçam o papel de igrejas, restaurantes, escolas, farmácias, entidades como o Rotary e outras ações voluntárias, que garantem o pagamento dos funcionários e até o respaldo de médicos, que mensalmente acompanham os idosos, entre 17 mulheres e o restante homens, sendo que 28 são residentes.

Adriana Vieira, auxiliar de administração falou da gratidão que sente em trabalhar com os idosos, sendo que a sociedade deveria reconhecer melhor os objetivos dos trabalhos com estas pessoas. “Um dia seremos todos idosos”, disse.

A psicóloga Nina Tedesco Pinto discorreu sobre as várias dinâmicas a que os idosos são submetidos na casa de repouso, em atividades que procuram valorizar a trajetória de vida de cada indivíduo, com oportunidade para se manifestar e interagir com o próximo.

A assistente social, Gislaine Catarino enfatizou a sua intervenção profissional perante os familiares dos idosos, que encontram no espaço da casa de acolhimento um lugar que os encorajam para a vida.

Concluindo a visita, após conhecer as diversas dependências da instituição, que também conta com cozinha para garantir por volta das 200 refeições, distribuídas em seis vezes ao dia, o vereador Pedro Kawai reiterou a importância de projetos como estes em Piracicaba, no acolhimento a cidadãos que nem sempre contam com o apoio familiar e até dificuldades junto ao poder público para a continuidade de uma vida digna.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta