Students For Liberty Brasil realiza campanha por famílias afetadas pelo coronavíru

Students For Liberty Brasil realiza campanha por famílias afetadas pelo coronavíru

Até 10 de julho, coordenadores do Students For Liberty Brasil (SFLB) irão arrecadar fundos para compra de cestas básicas para instituições e famílias em situação de vulnerabilidade social afetadas pelo coronavírus (neste link: http://cutt.ly/boKOFnl). A campanha nacional exemplifica as diversas ações de iniciativa privada que vêm gerando subsídios ao SUS (Sistema Único de Saúde), aos brasileiros comuns e a outras empresas em meio à pandemia.

“A intervenção do Estado em momentos críticos é adequada e prevista por liberais clássicos. Contudo, a diminuição de burocracias, que barram inovações e ações da iniciativa privada, seria de grande ajuda. O Students For Liberty Brasil está mobilizando seus líderes em prol de pessoas carentes e da conscientização social, dando vistas ao legítimo exercício da cidadania”, aponta André Migliore Freo, Diretor Executivo do SFLB.

A caridade é uma das marcas incontestes do liberalismo, princípio para o bom funcionamento do mercado. Segundo Adam Smith, em seu livro A Teoria dos Sentimentos Morais, “por mais egoísta que se possa admitir que seja o homem, é evidente que existe certos princípios em sua natureza que o levaram a interessar-se pela sorte dos outros e fazem com que a felicidade destes lhe seja necessária, embora disso ele nada obtenha que não o prazer de testemunhar”.

Tanto que, nos últimos meses, milhões de reais foram doados por diversas empresas privadas ao SUS para combater o avanço da pandemia. Tal verba foi destinada a aumentar o número de leitos, testes, máscaras, luvas, jalecos, álcool em gel, sabonetes, insumos hospitalares, medicamentos e equipamentos como tomógrafos e respiradores. Além do SUS, empresas privadas também vêm fazendo doações para comunidades carentes, ONGs (Organizações Não Governamentais) e até mesmo para outras empresas.

Um destaque é a Ambev, que firmou parceria com o Biscoito Globo. No aplicativo Zé Delivery, a marca passou a oferecer o tradicional biscoito de polvilho junto às suas bebidas, revertendo 100% do lucro para vendedores autônomos que não podem trabalhar por conta da interditwão das praias do Rio de Janeiro.

“Considerando a alta arrecadação do Estado atualmente – que deve ser administrada de forma adequada, visando o enfrentamento à pandemia – pode caber ao Estado coordenar ações de saúde, segurança e educação à população, visando principalmente os grupos mais carentes. Contudo, é apenas somando forças à iniciativa privada que se fará possível observar melhores resultados”, destaca André.

Empresas dos setores financeiros, de alimentação e do comércio eletrônico são as que mais vem fazendo doações, que ultrapassaram R$ 2,3, bilhões segundo levantamento do Poder 360. Até mesmo shows de artistas brasileiros transmitidos online ao vivo (nas chamadas “lives”) já arrecadaram mais de R$ 7 milhões e diversas toneladas de alimentos, doados majoritariamente para hospitais e projetos sociais em todo o país.

“E, além das empresas, muitos brasileiros vêm se organizando de forma independente, se engajando e fazendo doações. Acreditamos que as intervenções que independem do Estado poderiam ser ainda maiores se não houvesse tantos impostos. Como sabemos, no Brasil a corrupção opera em conjunto com a alta arrecadação, que infelizmente não retorna em sua totalidade ao povo. Tanto que ainda hoje há incertezas sobre os pagamentos do auxílio emergencial à população – mesmo considerando que em 2019 o Estado brasileiro arrecadou R$ 2,5 trilhões em impostos”, destaca Freo.

 

Sobre o Students For Liberty Brasil – http://www.studentsforliberty.org/brasil/
Presente no Brasil desde 2012, a organização é um braço do Students For Liberty, a maior organização estudantil em prol da liberdade do mundo, presente em 110 países. A organização sem fins lucrativos tem como propósito educar, desenvolver e empoderar a próxima geração de líderes da liberdade.

 

Assessoria de imprensa – Hafiki Comunicação
Rayane Santos – rayane@hafiki.com / (11) 9-9206-7993
Rafael Revadam – rafael@hafiki.com / (11) 9-8782-6737

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta