Seguem em ritmo acelerado as obras de construção das novas unidades de educação em Ipeúna

Seguem em ritmo acelerado as obras de construção das novas unidades de educação em Ipeúna

A nova unidade municipal de educação infantil de Ipeúna em construção no Jardim das Orquídeas já está com execução de 80% das obras. A informação é do secretário de Projetos e Obras, o arq. urb. Bruno Lourenço da Silva. De acordo com ele, as obras tiveram início no segundo semestre do ano passado e estão avançando rapidamente.

Ele explica que a nova creche tem capacidade para 94 crianças em período integral e permitirá ao município atender crianças a partir dos quatro meses de idade a partir de 2020. “O projeto contempla cinco salas de aula, sala de múltiplo uso, fraldário, sanitários, solários, almoxarifado, amamentação, cozinha, despensa, higienização, lactário, lavanderia, rouparia, vestiários para funcionários, pátio coberto, sala de professores e administração”.

O investimento é de aproximadamente R$ 2 milhões, sendo R$ 1. 298.038,17 do governo federal, por meio de convênio firmado com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e o restante corresponde à contrapartida municipal. O secretário informa que a previsão de término da obra é 2019.

Com a nova unidade em funcionamento, Ipeúna vai antecipar o cumprimento da Meta 1, do Plano Municipal de Educação (PME), que prevê o atendimento de crianças em creches a partir dos seis meses de vida em 2020. “Com esse investimento vamos aumentar nossa capacidade de atendimento, além de melhorar a distribuição dos alunos”.

Outra importante obra em construção é a da nova escola estadual no Jardim dos Ipês. Retomada no segundo semestre de 2018, a obra já está com execução de 70%. “Com previsão de término para este ano de 2019, esta é uma grande vitória para o município de Ipeúna e demonstra o comprometimento do Prefeito Municipal, José Antonio de Campos, e sua equipe técnica em lutar pelo bem do município de Ipeúna e de sua população”.

A nova unidade ocupará 3.170m2 de área construída de um total de 7.256m2 do terreno doado pela Prefeitura e terá oito salas de aula, sala dos professores, diretoria, secretaria, centro de leitura, despensa, cozinha, cantina, sanitários e vestiários femininos e masculinos, distribuídos em dois pavimentos, além de quadra coberta.

A obra é uma antiga reivindicação da Administração Municipal, pois deveria ter sido inaugurada em 2014, porém, divergências no projeto paralisaram a obra. Desde então, vinha sendo tratada com prioridade pelo prefeito José Antonio, à época, vice-prefeito. A iniciativa faz parte do Programa de Ação Cooperativa Estado-Município para Construções Escolares, através da FDE, assinado pela Prefeitura. A FDE, órgão vinculado à Secretaria da Educação, é responsável pela administração dos contratos de obras da rede estadual e gestão de programas. O investimento exclusivo pela FDE é de R$ 3.387.136,60.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta