Por interferências politicas Secretaria de Saúde decide deixar cargo em Brotas

Por interferências politicas Secretaria de Saúde decide deixar cargo em Brotas

No final do mês de abril do ano passado, Ana Paula Rodrigues foi nomeada como nova secretária municipal de Saúde, em substituição a Jussara Susi Alves.

No entanto, nesta segunda-feira, dia (3/06), decidiu pedir demissão do cargo, alegando interferências políticas e favorecimento político a vereadora Eliana Adorna, a Eliana do Hospital (PSL).

A secretária destaca em sua carta de demissão que “Conforme já exposto outras vezes, deixo aqui registrado as inúmeras vezes que foi solicitado junto ao gabinete orientações quanto a conduta da vereadora Eliana Adorna”.

Foto: Divulgação

“Por diversas vezes a filha da mesma, usou o transporte da saúde para fins próprios e a mesma usa as unidades de saúde para fazer política. A mesma foi proibida por mim diversas vezes, inclusive de vir retirar agendamentos e procurar informações de pacientes, mas mesmo assim continuou. Mesmo com todos esses acontecimentos em momento algum a vereadora ouviu minhas regras”, diz ela.

Ana Paula cita que a própria vereadora também iria a farmácia municipal retirar medicamentos e teria sido atestado que um desses pacientes sequer teria passado por atendimento no Hospital Santa Terezinha (desde 2015).

De acordo com a ex-secretária os fatos foram comunicados ao Chefe de Gabinete do prefeito, que citou que medidas seriam tomadas pelo prefeito Leandro Corrêa e os vereadores Bruno César Veronese Urbano e Claudio Marcos Aguiar, o que não ocorreu sendo por ela classificado como “negligência”.

“Todas as informações foram passadas ao Chefe de Gabinete Ricardo Veronese, e que o mesmo me disse que o senhor junto com a equipe política, Bruno César Veronese Urbano e Claudio Marcos Aguiar conversariam com a mesma e posicionaria de como proceder, o que não ocorreu até o presente momento. Sendo assim, por não compactuar com essas atitudes e situações de negligencia, solicito meu desligamento do cargo”, finaliza a secretária.

Em uma curta nota de esclarecimento a Prefeitura de Brotas disse que “Os fatos apresentados pela Senhora Ana Paula Rodrigues deram origem ao Processo PMB Nº 2676/19, de 03/06/2019 e, imediatamente, foi determinado a abertura de Sindicância para integral apuração”.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta