Empreendedorismo foi tema de workshop na Vila Rezende

A capacidade de empreender novos negócios é uma iniciativa que ajuda a movimentar a área de emprego e renda, contribuindo com a melhoria dos índices de saúde e bem-estar das pessoas e da economia do munícipio. Para estimular o empreendedorismo entre os assistidos pelo Serviço de c), a Equipe Volante do Centro Social de Assistência e Cultura São José (Cesac), juntamente com a concessionária Mirante, empresa responsável pelo esgotamento sanitário do município por meio de Parceria Público Privada (PPP) estabelecida com a Prefeitura e o Semae, realizaram essa semana a oficina “Empreendedorismo de Iniciação Profissional na Área de Gestão e Negócios”.

Foto: Divulgação

O evento, realizado no Centro Comunitário Ruth Occhiuze dos Santos, na Vila Rezende, atraiu muitas pessoas que já realizam algumas atividades como autônomos e desejam expandir suas atuações. “Convidamos a concessionária para falar deste assunto para complementar o trabalho que desenvolvemos junto ao grupo. Acreditamos que o conteúdo abordado nessa consultoria ajuda a ampliar a visão das pessoas sobre as oportunidades que existem e, que muitas vezes podem passar desapercebidas”, explica Daniela Sbravatti, técnica responsável do Cesac.

Com formato e conteúdo desenvolvido exclusivamente pela área de Responsabilidade Social da concessionária Mirante, o workshop integra as ações que o Programa Afluentes desenvolve junto às comunidades de Piracicaba. A oficina tem como proposta apresentar as noções básicas sobre o processo de criação de novos segmentos de negócios, com o objetivo de movimentar uma economia direcionada à geração de emprego e renda. Além disso, engloba orientações relacionadas ao perfil do empreendedor, análise de mercado, bem como orientações acerca da precificação de produtos e/ou serviços e obtenção de rentabilidade.

“Adorei o treinamento. Sempre tive vontade de me tornar uma microempresária na área da saúde, mas nunca tive a oportunidade de estudar. O curso valeu a pena, pois me deu uma noção de como devo seguir”, revela Ana Maria de Carvalho, participante da atividade.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta