Centro de Controle de Zoonoses registra primeiro caso de raiva em morcego em 2021 em Piracicaba

Centro de Controle de Zoonoses registra primeiro caso de raiva em morcego em 2021 em Piracicaba

Animal foi encontrado no Parque Orlanda

Equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) registrou o primeiro caso de raiva em morcego em Piracicaba, em 2021. O resultado positivo foi confirmado pelo laboratório do CCZ-SP. O morcego estava morto e foi encontrado em uma calçada, próximo à Escola Municipal José Antônio de Souza, no Parque Orlanda. O animal foi identificado como sendo de hábito insetívoro, se alimenta de insetos, da família Molossidae e espécie Nyctinomops laticaudatus.

Somente este ano, o CCZ já recolheu e enviou para diagnóstico da raiva, aproximadamente, 42 morcegos. No ano passado, ao todo, foram cerca de 300 animais recolhidos, com 6 positivos para a doença, sendo que 2 desses positivos foram recolhidos também no Parque Orlanda, nas dependências da escola citada, 1 no Jupiá, 1 no Centro, 1 no Pau D´Alhinho e 1 na Vila Independência.

O CCZ alerta para que os donos de cães e gatos, principalmente do Parque Orlanda, que não estejam com a vacina antirrábica em dia, sejam vacinados, já que ficam expostos à contaminação. A vacina antirrábica é gratuita e está disponível no Canil Municipal (CCZ), durante o ano todo, de segunda à sexta-feira, das 9h às 15h; e aos sábados, das 9h às 11h e das 12h30 às 14h. Não é preciso fazer agendamento.

De acordo com a bióloga do CCZ,Regina Lex Engel, os morcegos da família Molossidae, espécie Nyctinomops laticaudatus, são animais de pequeno porte e ocorrência comum na cidade. Eles formam grandes colônias, de 150 até 1.000 indivíduos, e se abrigam em cavernas, fendas de rochas e frestas de edificações humanas.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta