Câmara apela por contratação de policiais inativos para o PROERD

Câmara apela por contratação de policiais inativos para o PROERD

A Câmara Municipal de Piracicaba encaminhará a moção de apelo 69/2019, ao secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, João Camilo Pires de Campos, para que policiais militares sejam revertidos ao serviço ativo a fim de atuarem no Proerd (Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência) junto às escolas.

O texto foi aprovado nesta segunda-feira, dia 29, durante a 23ª reunião ordinária e é de autoria da  vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS).

Foto: Divulgação

De acordo com a propositura, o Proerd é desenvolvido há 25 anos em São Paulo e já formou 948.877 alunos dos quintos e sétimos anos que, durante três meses, tiveram a oportunidade de desenvolver habilidades para lidar com desafios e responsabilidades para evitar o uso de drogas e a prática da violência.

“É visível para a sociedade que a Polícia Militar passa por problemas para a recomposição de seus efetivos, pois, abre mão de estratégias de inteligência e de ações integradas para suprir suas deficiências. A falta de efetivos reflete notoriamente em programas de policiamento reconhecidamente eficazes como Patrulha Rural e Ronda Escolar e em programas de responsabilidade social, como o Proerd”, destaca a vereadora.

A parlamentar acrescenta que, em 2014, o número de formados pelo programa foi de aproximadamente 604.630 crianças, já em 2017 esse número caiu para 469.680 e em 2018 para 59.000.

“O Proerd é o único programa institucional na prevenção ao uso de drogas e à violência nas escolas que temos no Estado. Basta apenas um ato do governador João Dória, que se diz tão preocupado com a segurança pública, para que os policiais inativos retornem ao trabalho, façam uma readaptação e voltem a executar o programa, tão necessário para comunidade”, enfatizou Coronel Adriana.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta