Paulo Abi-Ackel, presidente do PSDB-MG, é escolhido como um dos formuladores do Congresso Nacional

Paulo Abi-Ackel, presidente do PSDB-MG, é escolhido como um dos formuladores do Congresso Nacional

Estudo anual de escolha da elite do Congresso Nacional realizado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) incluiu pela 13° vez o deputado federal Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). Ele vem sendo incluído na relação do Diap desde o primeiro ano de seu primeiro mandato e por isso é um dos dez parlamentares de todo o Brasil que mais vezes foi relacionado desde o início do levantamento em 1994. Paulo Abi-Ackel é citado na lista dos parlamentares formuladores. Esses, de acodo com o Diap, são considerados os mais produtivos por se dedicarem à elaboração de textos com propostas legislativas para deliberação.

Do PSDB, além de Abi-Ackel, também foram incluídos como “formuladores” os Senadores Antonio Anastasia (MG), José Serra (SP) e Tasso Jereissati (CE). Da bancada mineira apenas Abi-Ackel e Anastasia são considerados “formuladores”. Essa relação é baseada no desempenho de deputados e senadores entre os meses de fevereiro a junho de 2019.

Segundo o estudo, o debate, a dinâmica e a agenda do Congresso são fornecidos basicamente pelos formuladores, que dão forma às ideias e interesses que circulam no Congresso. Para o Diap, a produção legislativa, com raras exceções, é fruto do trabalho desses parlamentares. “São eles que concebem e escrevem o que o Poder Legislativo debate e delibera. Não ocupam, necessariamente, posto de líder político ou partidário”, afirma o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar.

Ainda na série “Os 100 cabeças do Congresso Nacional” mas na categoria “articuladores”, Aécio Neves do PSDB-MG teve seu nome incluído. Outros mineiros foram relacionados: os deputados federais Fred Costa (Patri), Júlio Delgado (PSB), Lincoln Portela (PRB) e o senador Rodrigo Pacheco (DEM).

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta