ESTADO DE SÃO PAULO MUDA A FASE PARA EMERGENCIAL

Na tarde de hoje(11), o governo do estado de  São Paulo atualizou a reclassificação do Plano São Paulo de flexibilização da economia e implantou em todo o estado a Fase Emergencial do Plano São Paulo, com aumento das restrições.

fase emergencial do Plano São Paulo mantém a fase vermelha de controle da pandemia e regulação de serviços não essenciais. Porém, para ampliar o distanciamento social e reduzir a circulação urbana, foram ampliadas as restrições de algumas atividades comerciais autorizadas na fase vermelha.

O inicio dessa Fase emergencial dará a partir de Segunda-feira(15) e permanecerá até dia 30/03. Toque de recolher permanece em todo o estado, sendo para todos os dias, entre 20h e 5h.

Ø O que mudará?

·        A restrição completa proíbe retirada presencial de produtos em restaurantes e lanchonetes;

·        Proíbe atendimento presencial em lojas de material de construção;

·        Veta celebrações religiosas coletivas e atividades esportivas em grupo;

·        Lojas e restaurantes só poderão fazer entregas pelo sistema em que o consumidor recebe o produto dentro de seu veículo (drive thru) e somente entre os horários (5h ás 20h), ou por serviços de entrega na residência (delivery) por telefone ou aplicativo de internet, que poderá permanecer 24hrs por dia;

·        Não haverá nenhuma restrição ao funcionamento de supermercados;

·        O teletrabalho(Home Office) será obrigatório para todas as atividades administrativas não essenciais. A imposição vale tanto para órgãos públicos como escritórios particulares e serviços de call center;

Todas as medidas da fase emergencial visam reduzir a circulação de ao menos 4 milhões de pessoas por meio das restrições adicionais.

Leia mais em:

https://www.saopaulo.sp.gov.br/noticias-coronavirus/governo-de-sp-adota-fase-emergencial-para-conter-crescimento-de-pandemia-2/

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta