Vereador Vande quer providências sobre a precariedade na coleta de lixo em Rio das Pedras

Atrasos no pagamento a empresa geram transtornos a comunidade

 

Nesta semana, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Rio das Pedras, o vereador Francisco Vanderson de Andrade, o Vande (PRP), fez uso da palavra na Tribuna Livre do Poder Legislativo Municipal, onde abordou diversas questões que estão ocorrendo na cidade.

Um dos pontos abordados por Vande foi a dificuldade na coleta de lixo, que estaria sendo realizada uma única vez por semana.

“Gostaria de falar hoje sobre alguns dos vários problemas que temos em nossa cidade. Um deles é a coleta de lixo, pois temos informações que não está sendo pago para a empresa e dívida já estaria um pouco alta, algo próximo dos 800 mil. Peço ao prefeito que estará no exercício até o dia 31 de dezembro que tome as providencias para resolver se não todo, ao menos parte desse problema. Hoje o caminhão está coletando o lixo apenas uma vez por semana. Ficamos tristes que estas coisas estejam acontecendo em nossa cidade”, ressaltou o parlamentar, que destaca que antes a coleta era feita em média três vezes na semana.

Vande destacou também que há reclamações sobre os ônibus que atuam no transporte coletivo e que uma greve teria sido gerada pela falta de pagamento.

“Outra reclamação que estou tendo é sobre o ônibus, pois nessa semana fizeram greve e as informações são de que seriam por falta de pagamento e isso também é preocupante. Temos que ter informações para podermos passar para nossa comunidade com maior clareza”, destacou o parlamentar.

“Pedindo uma parte, o vereador Edison Marconato disse que a empresa precisa realizar o transporte, pois não esta recebendo apenas o valor da prefeitura, já os munícipes tem que pagar a passagem o que não justifica a interrupção dos serviços,” falou Marconato.

Vande solicitou que fosse agendada uma reunião com o Secretário Municipal de Administração da cidade e fossem solicitadas explicações sobre os atrasos.

O Parlamenta também abordou a questão de um projeto de Lei encaminhado pelo Prefeito Júlio que trata da contratação de novos médicos.

“Precisamos ficar atentos quanto a esse projeto, peço aos senhores que pensem bem antes de votar, pois se não é para contratar porque aprovar, vamos deixar essa questão para os novos vereadores e o próximo prefeito discutirem. Estive no serviço medico e uma moradora que tinha uma consulta marcada para as 13h30 min, foi atendida somente as 19h00, isso é um desrespeito com nossa população, precisamos que os médicos também cumpram o horário de trabalho como qualquer outro profissional, se não vai atender não marque a consulta, deixe para marcar para quando o medico estiver atendendo, a moradora não teria ido antes do horário tenho certeza disso”, ressaltou.

A vereadora Ana Paula Taranto também pediu uma parte.

“Deveria ter marcado a palavra, peço desculpas por interromper, mas é preciso que saibam que a divida com a saúde esta acima de 1,2 milhões  é muito alta, sei disso porque estou sempre na prefeitura, quando tenho duvidas vou atrás”, falou a vereadoras.

Finalizando Vande disse que é preciso fazer alguma coisa e pediu para o prefeito que faça alguma coisa para minimizar o sofrimento da população que já não sabe há quem recorrer.

“Saímos na rua e somos abordados por pessoas que nos pedem auxilio em todas as áreas. Estamos próximos ao fim de mandato e como já disse nosso prefeito que esta no cargo até 31 de dezembro sendo preciso que tome as devidas providências e busque a solução para que Rio das Pedras não se afunde ainda mais”, completou Vande.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta