Prefeito Ronaldo Gasparelo anuncia criação COMDETS e critica politicagem do ex prefeito de Torrinha

Durante Solenidade Cívica em Comemoração aos 96 anos de Torrinha, realizada na Casa da Cultura “Pedro Buzato”, o Prefeito Ronaldo Gasparelo (PV) anunciou a criação do COMDETS (Conselho de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Social de Torrinha), criticou também a politicagem na cidade e falta de justificativas para a comunidade sobre dívidas deixadas pela gestão anterior, cujos recursos poderiam ser usados para melhorar a vida das pessoas em diversas áreas.

Iniciando sua fala, o prefeito destacou a importância dos antepassados, citou a crise econômica que o Pais atravessa e as dificuldades dos municípios.

“Nós temos que agradecer em muito nossos pais, avós e bisavós que construíram esta Torrinha de hoje e cabe a nós construímos a Torrinha do amanhã para nossos filhos, netos, amigos e nossos descendentes. Para isso precisamos saber onde estamos e aonde queremos chegar. Não é segredo para ninguém que passamos pela maior crise econômica da história de nosso País. Nunca chegamos a uma situação econômica e financeira como essa. Estamos em um estado rico, numa região considerada das mais desenvolvidas de nosso País e sentimentos na pele as dificuldades. Nosso município tinha repasses crescentes de recursos por parte dos governos, nos últimos anos foram diminuindo e continuam a baixar”, contou Gasparelo.

Gasparelo disse ainda que é preciso torcer para que a situação melhore, que ao assumir a sua administração elegeu prioridades, entre elas a Saúde, citando investimentos na renovação da frota, contratação de médicos especialistas e na estrutura, rechaçando críticas.

“Temos que trabalhar unidos para o crescimento de nosso País, Estado e claro do nosso município, independente de quem esteja lá. Em situações como essas, temos que elencar prioridades e nós fizemos isso. Quando assumimos a prioridade número um era saúde e continua sendo, renovamos praticamente toda frota. Escolhemos comprar veículos, do que fazer praças, cada veiculo comprado daria para fazer uma praça. Está precisando varrer as ruas, mas priorizarmos ter médicos, cada médico contratado poderia pagar quatro varredores de ruas, melhorar a nossa saúde. Ao andar pela região a gente vê que mesmo assim a nossa cidade ainda é uma cidade limpa, basta andar em outras cidades e comparar, Jaú, Bauru, São Pedro, Piracicaba, entre outras”, diz ele.

Em seguida o prefeito disse que tem político que gosta muito de ficar justificando o porquê disso ou o porquê daquilo, mas que não justifica os mais de R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais) de dividas e convênios sem fechamentos junto aos órgãos competentes, em uma crítica clara ao ex-prefeito Thiago Rochiti.

“Tem político que gosta de ficar justificando, mas não justiça os R$ 2.100.000,00 que estamos pagando de uma condenação do Aterro Sanitário, dos mais de R$ 600 mil de outra condenação pelo não pagamento da Casa Abrigo de Brotas, dos R$ 600 mil da compensação do INSS de 2013 que tivemos que pagar. Eu quero que explique por que não foi paga a devolução do dinheiro do barracão do Santa Elisa, que nós fizemos uma concessão para uma empresa se instalar em nosso município. Essa é a justificativa que o povo precisa saber. Isso soma mais de R$ 3.500.000,00, recursos que poderiam ser investidos na saúde e da nossa educação. Temos que aplicar bem e com responsabilidade o dinheiro público. Temos que cobrar sim a boa aplicação de recursos públicos. Não tinha um convenio dos últimos seis anos que tinha prestação de contas e fechamento. Até hoje nossa equipe de Engenharia trabalha aos finais de semana para prestar contas de dinheiro mal gasto devido a incompetência. Quero que me expliquem porque a ponte que caiu novamente foi licitada com 28 manilhas e só tinha 14 manilhas nela. É essa explicação que quero para nossa comunidade”, desabafou o prefeito.

Finalizando seu discurso, Gasparelo destacou a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Social de Torrinha, mencionando a necessidade de união de todos para o sucesso do mesmo, já que o conselho visa discutir o planejamento da cidade para o futuro.

“Em dois anos não tive condições ainda de fazer isso que vou anunciar, ontem nós instituímos um decreto que cria o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Social de Torrinha – COMDETS. Esse conselho vai ser responsável por moldar as ações de nosso Município para os próximos 15 anos. Teremos representantes das diversas áreas publicas, como Saúde, Educação, Esporte, Assistência Social, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Agricultora, Obras, iniciativa privada, ACIAT, entidades de classe e religiosas, enfim todos os setores e a sociedade civil se unirão para discutir a Torrinha que temos e a Torrinha que queremos a curto, médio e longo prazo”, disse ele emocionado.

“Agradeço a esse povo hospitaleiro de nossa cidade, que fez e faz a nossa Torrinha cada dia melhor. Parabéns Terrinha pelos seus 96 anos”, finalizou.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta